Estudantes de Museologia realizam encontro no Rio Grande do Sul em agosto

Rumos da Museologia e de seu movimento estudantil no século XXI são os temas do 8º Encontro Nacional de Estudantes de Museologia (Enemu), que em 2015 terá lugar na Universidade Federal de Pelotas (RS), entre os dias 24 e 29 de agosto.

Contando atualmente com 16 cursos de graduação, quatro cursos em nível de pós-graduação (mestrados e doutorado), além de cursos de especialização e técnicos, oferecidos por instituições de todas as regiões do país, a Museologia no Brasil encontra-se hoje em uma patamar diferente daquele de 2004, quando aconteceu o primeiro encontro nacional em Salvador (BA) – em paralelo ao 1º Fórum Nacional de Museus (FNM).

“O campo museal também tem vivenciado uma expansão inédita, com a criação de inúmeros museus e o desenvolvimento de diversas estratégias e processos museais, envolvendo uma grande diversidade de experiências e práticas”, explica texto de apresentação da Executiva Nacional de Estudantes de Museologia.

“A proposta do encontro este ano é revisar nossa trajetória enquanto campo de conhecimento e intervenção, mas também de avaliar, discutir, reformular e encaminhar novas estratégias e ações em prol da articulação nacional dos estudantes”, finaliza o texto.

Inscrições
Estão abertas, até 1º de agosto, as inscrições para apresentação de trabalhos, minicursos e oficinas, além da participação em painéis temáticos, durante o 8º Enemu. O edital dispõe sobre as regras de submissão e contém todas informações sobre o evento, as diversas modalidades de participação, entre outras informações. Para Ouvintes, as inscrições seguem até 23 de agosto. Saiba mais sobre o Enemu 2015.

Texto: Ascom/Ibram

Encontro Nacional dos Estudantes de Museologia acontece esta semana na BA

Entre os dias 22 a 25 de agosto, a Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), na cidade histórica de Cachoeira, recebe o VI Encontro Nacional dos Estudantes de Museologia (Enemu).

A sexta edição do encontro vai reunir discentes dos 15 cursos de Museologia existentes hoje no Brasil em torno do tema Museologia Social e Patrimônio Integral: Museu para Quem?, onde se discutirá a relevância do trabalho social dentro da Museologia, seus rumos e perspectivas que permeiam as discussões acerca do patrimônio material e imaterial do Brasil. Assista o vídeo que o presidente do Ibram, Angelo Oswaldo, enviou ao Enemu.

O encontro receberá nomes da comunidade museológica, acadêmicos, especialistas e técnicos da área. A programação prevê apresentações nos formatos “divãs museológicos” e “diálogos museais”, além de cursos e grupos de discussões sobre temáticas variadas, como vegetarianismo e diversidade sexual.

No dia 24, às 17h, a mesa Além da Pedra e do Cal: Museologia Social e a Comunidade terá Vera Mangas, da Coordenadoria do Patrimônio Museológico do Ibram, como uma das participantes. Também estará presente representante de Ponto de Memória ONG Casa de Barro. Veja a progrmação completa.

Texto: Ascom/Ibram
Última atualização: 23.8.2013