Página 1 de 212

Aberta chamada pública para diretor do Museu Lasar Segall

Museu Lasar Segall

Museu Lasar Segall

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) tornou público, nesta segunda-feira (16), o edital da chamada pública para o cargo comissionado de diretor do Museu Lasar Segall, unidade museológica que integra o Ibram em São Paulo.

A seleção pública será realizada mediante critérios técnicos e objetivos de qualificação, avaliados por Comissão de Seleção através de análise de currículo, Declaração de Interesse e Plano de Trabalho. Realizado em três etapas, o processo seletivo inclui ainda entrevista oral de caráter classificatório.

Poderão concorrer ao cargo servidores públicos ou não, com formação acadêmica, conhecimento das políticas públicas do setor museológico e da área de atuação do museu, além de experiência comprovada em gestão envolvendo atividades de relacionamento com organizações de governo e entidades da sociedade em geral. Confira todas as condições no edital.

Interessados em candidatar-se ao cargo devem encaminhar os documentos requisitados no edital para o endereço eletrônico selecao@museus.gov.br, informando no assunto “Chamada Pública Museu Lasar Segall”, até às 23h59min do dia 16 de dezembro de 2017.

Todos os documentos para concorrer à seleção estão disponíveis para download.

Ibram abre chamada para diretor do Museu da República/Palácio Rio Negro

Museu da República no Rio (RJ)

Museu da República no Rio (RJ)

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) tornou público, nesta segunda-feira (31), o edital da chamada pública para o cargo comissionado de diretor do Museu da República/Palácio Rio Negro, unidade museológica que integra o Ibram no Rio de Janeiro (RJ)

A seleção pública será realizada mediante critérios técnicos e objetivos de qualificação, avaliados por Comissão de Seleção através de análise de currículo, Declaração de Interesse e Plano de Trabalho. Realizado em três etapas, o processo seletivo inclui ainda entrevista oral de caráter classificatório.

Poderão concorrer ao cargo servidores públicos ou não, com formação acadêmica, conhecimento das políticas públicas do setor museológico e da área de atuação do museu, além de experiência comprovada em gestão envolvendo atividades de relacionamento com organizações de governo e entidades da sociedade em geral. Confira todas as condições no edital.

Interessados em candidatar-se ao cargo devem encaminhar os documentos requisitados no edital para o endereço eletrônico selecao@museus.gov.br, informando no assunto “Chamada Pública Museu da República/Palácio Rio Negro”, até às 23h59min do dia 28 de setembro de 2017.

Todos os documentos para concorrer à seleção estão disponíveis para download.

Texto: Ascom/Ibram
Foto: Museu da República/Divulgação

Ibram convoca candidatos a diretor do Museu da Inconfidência para entrevista

Foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (24), a convocação para entrevista dos seis candidatos melhor pontuados na Chamada Pública para o cargo de Diretor do Museu da Inconfidência/Ibram, localizado em Ouro Preto (MG).

As entrevistas acontecerão no dia 8 de agosto de 2017, no Escritório de Representação Regional do Ibram em Belo Horizonte. Os nomes dos convocados, horários da entrevista e o endereço da Representação estão disponíveis aqui. A comissão de seleção é formada pela Superintendente do Iphan em Minas Gerais, Célia Maria Corsino, pela Diretora de Difusão, Fomento e Economia dos Museus do Ibram, Eneida Braga Rocha de Lemos e pelo Diretor do Museu Histórico Nacional, no Rio de Janeiro, Paulo Knauss.

De acordo com a Chamada Pública nº 1, de 7 de abril de 2017, a entrevista é a última fase da seleção, que contou com análise de documentação, de currículo e plano de trabalho. Podiam concorrer ao cargo servidores públicos ou não, com formação acadêmica, conhecimento das políticas públicas do setor museológico e da área de atuação do museu, além de experiência comprovada em gestão envolvendo atividades de relacionamento com organizações de governo e entidades da sociedade em geral. O edital completo está disponível aqui.

Últimos dias de processos seletivos para diretores de museus Ibram

Museu da Inconfidência (MG)

Museu da Inconfidência (MG)

Candidatos interessados em concorrer ao cargo de diretor do Museu da Inconfidência/Ibram, situado em Ouro Preto (MG), têm até o dia 24 de junho para fazer sua inscrição. Já aqueles que desejam concorrer ao cargo de diretor do Museu Solar Monjardim, em Vitória (ES), poderão fazê-lo até do dia 30 de junho.

Para realizar a inscrição o candidato deverá encaminhar a documentação exigida nos respectivos editais para o endereço eletrônico selecao@museus.gov.br, indicando no assunto a qual processo seletivo deseja concorrer.

Podem concorrer aos cargos servidores públicos ou não, com formação acadêmica, conhecimento das políticas públicas do setor museológico e da área de atuação do museu, além de experiência comprovada em gestão envolvendo atividades de relacionamento com organizações de governo e entidades da sociedade em geral.

A seleção será realizada mediante critérios técnicos e objetivos de qualificação, avaliados por Comissão de Seleção através de análise de currículo, declaração de interesse e plano de trabalho. Realizado em três etapas, o processo seletivo inclui ainda entrevista oral, de caráter classificatório. Mais informações no site do Ibram.

Ibram abre seleção para diretor do Museu Solar Monjardim

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) tornou pública, nesta segunda-feira (17), a abertura de inscrições para edital destinado à seleção de novo diretor, em caráter de cargo comissionado, para o Museu Solar Monjardim, em Vitória (ES).

A seleção pública será realizada mediante critérios técnicos e objetivos de qualificação, avaliados por Comissão de Seleção através de análise de currículo, declaração de interesse e plano de trabalho. Realizado em três etapas, o processo seletivo inclui ainda entrevista oral, de caráter classificatório.

Poderão concorrer ao cargo servidores públicos ou não, com formação acadêmica, conhecimento das políticas públicas do setor museológico e da área de atuação do museu, além de experiência comprovada em gestão envolvendo atividades de relacionamento com organizações de governo e entidades da sociedade em geral. Confira todas as condições no edital.

Interessados em candidatar-se ao cargo devem encaminhar os documentos requisitados no edital para o endereço eletrônico selecao@museus.gov.br, informando no assunto “Chamada Pública Museu Solar Monjardim”, até as 23h59 do próximo dia 30 de junho.

Ibram abre seleção para novo diretor do Museu do Diamante

Museu do Diamante (MG)

Museu do Diamante (MG)

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) está com chamamento público aberto destinado a selecionar novo diretor para o Museu do Diamante, em Diamantina (MG). Confira o edital.

Podem concorrer ao cargo servidores públicos e não-servidores que cumpram os critérios de seleção, que incluem formação acadêmica em nível superior, experiência comprovada em gestão e conhecimento das políticas públicas do setor museológico e da área de atuação do museu.

No processo seletivo, serão levados em consideração critérios técnicos e objetivos de qualificação baseados em análise de Currículo, Declaração de Interesse e Plano de Trabalho, além de entrevista oral. Os candidatos devem apresentar a documentação exigida até as 23h59, horário de Brasília, do próximo dia 31 de outubro.

A documentação pode ser enviada por meio eletrônico ao e-mail selecao@museus.gov.br, informando no campo assunto “Chamada Pública Museu do Diamante”, ou entregue em meio físico para a Coordenação de Gestão de Pessoas (SBN Quadra 2, Bloco N, Edf. CNC III, 12º andar, CEP 70040-020, em Brasília-DF).

O museu - Instalado em um modelo de referência da arquitetura civil do século 18, o museu funciona na antiga casa, construída em 1749, onde viveu o inconfidente Padre José de Oliveira e Silva Rolim.

O Museu do Diamante classifica e conserva elementos característicos de jazidas, formações e espécies de diamantes brasileiros, abordando também seu desenvolvimento e a influência na economia do país. O diversificado acervo conta com pinturas, esculturas, desenhos, cédulas, moedas, estampas, instrumentos musicais, indumentária, mobiliário, utensílios domésticos e de iluminação.

Candidatos a diretor do Museu das Missões são convocados para entrevista

Publicada hoje no Diário Oficial a convocação para entrevista dos candidatos pré-selecionados da Chamada Pública para o cargo de Diretor do Museu das Missões/Ibram, em Missões (RS). Seis candidatos foram selecionados para entrevista e deverão comparecer, no dia 4 de outubro, a partir das 9h, no Museu de Ciência e Tecnologia da PUCRS.  O nome dos candidatos e todas as informações estão disponíveis aqui.

A chamada foi aberta em 2015 e puderam concorrer ao cargo, servidores efetivos e não servidores que cumprissem critérios como formação acadêmica em nível superior, experiência comprovada em gestão e conhecimento das políticas públicas do setor museológico e da área de atuação do museu. No processo seletivo, foram levados em consideração critérios técnicos e objetivos de qualificação baseados na análise de currículo, Declaração de Interesse e de Plano de Trabalho.

Os documentos exigidos na Chamada Pública foram examinados pela Comissão de Seleção, nomeada por meio da Portaria n° 291, de 19 de julho de 2016, tendo como integrantes: Luciana Palmeira Silva (como Secretária da Comissão de Seleção); Ana Luisa Jeanty de Seixas e Simone Flores Monteiro.

A entrevista é a última etapa do certame e tem caráter eliminatório. A listagem final, com a ordem de classificação e pontuação final, será publicada no Diário Oficial da União.

Nomeado o novo diretor do Museu Histórico Nacional

Publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira(24), a portaria de nomeação de Paulo Knauss de Mendonça como novo diretor do Museu Histórico Nacional (MHN), unidade do Instituto Brasileiro de Museus, no Rio de Janeiro (RJ). Knauss foi selecionado entre os candidatos inscritos na Chamada Pública nº 7, aberta em outubro de 2014.

Na seleção, foram considerados os critérios de formação acadêmica em nível superior; experiência comprovada em gestão envolvendo atividades de relacionamento com organizações do governo ou entidades da sociedade em geral; e conhecimento das políticas públicas do setor museológico e da área de atuação do museu. Os critérios foram aferidos através de apresentação de currículo, declaração de interesse e plano de trabalho. Além da apresentação da documentação, também foi realizada entrevista oral entre o candidato e a comissão de seleção designada.

Paulo Knauss_diretor MHNPaulo Knauss possui ampla formação universitária no Brasil, sendo Licenciado, Mestre e Doutor em História, e vasta experiência no exterior, onde obteve bolsas de estudo na Alemanha e na França, inclusive estágio de pós-doutorado. Possui larga experiência acadêmica como professor do Departamento de História da Universidade Federal Fluminense, onde orientou vários trabalhos de mestrado e doutorado, além de ter desenvolvido e coordenado vários projetos de pesquisa no campo das relações entre história e memória, arte e cultura visual. Nos últimos anos, tem estudado especialmente a história de coleções e acervos de arte no Brasil. Com inúmeras participações em eventos científicos, é autor de vários títulos.

Em 2015, sob sua organização, foi lançado o livro Objetos do olhar: história e arte.  Participa ativamente de fóruns de política cultural, tendo sido membro do Conselho Nacional de Políticas Culturais (CNPC) e do Conselho Nacional de Arquivos (CONARQ).  Foi diretor do Arquivo Público do Estado do Rio de Janeiro, presidente do Instituto Histórico e Geográfico do Rio de Janeiro e presidente da seção estadual da Associação Nacional de História – Rio de Janeiro. É conselheiro do Museu de Astronomia e Ciências Afins, membro do Comitê Brasileiro de História da Arte (CBHA) e sócio do Instituto Histórico e Geográfico do Rio de Janeiro (IHGRJ) e do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro (IHGB).

Nomeado o novo diretor do Museu Casa da Hera no RJ

casa da heraFoi nomeado na última sexta-feira (20) o novo diretor do Museu Casa da Hera, vinculado ao Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) e situado no município de Vassouras (RJ). Resultado de processo de seleção pública, a nomeação foi publicada através de portaria no Diário Oficial da União.

O historiador Marco Antonio Xavier (foto), nascido em São Paulo (SP), mestre em História Social pela Universidade de São Paulo (USP) e especialista em Museologia pela mesma instituição, foi o escolhido pela Comissão de Seleção para assumir a direção do museu em caráter de cargo comissionado, conforme definido pela Chamada Pública Nº 9, de 3 de novembro de 2014.

O novo diretor trabalhou em diversos museus e centros de preservação do patrimônio, sendo responsável pela curadoria de mais de 40 exposições e mostras, e tem trabalhos publicados sobre imigração e preservação de patrimônio urbano.

Sua trajetória profissional inclui passagens pelo Museu da Imigração e Museu da Língua Portuguesa, ambos em São Paulo (SP), e pelo Museu do Diamante, em Diamantina (MG), este último também vinculado ao Ibram.

Critérios
Para a seleção, foram considerados os critérios de formação acadêmica em nível superior; experiência comprovada em gestão envolvendo atividades de relacionamento com organizações do Governo ou entidades da sociedade em geral; e conhecimento das políticas públicas do setor museológico e da área de atuação do museu.

Os critérios foram aferidos através de apresentação de currículo, declaração de interesse e plano de trabalho. Além da apresentação da documentação, a comissão de seleção designada também realizou entrevista oral com o candidato.

Página 1 de 212