Década do Patrimônio Museólogico deve ampliar intercâmbio Ibero-Americano

Foram abertas oficialmente, no dia 30 de maio, as comemorações da Década do Patrimônio Museológico (2012-2022). A cerimônia aconteceu no Museu Nacional de História Natural (MNHN) de Santiago do Chile com a participação de autoridades do campo museal Ibero-Americano e representantes de organismos internacionais. O presidente do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC), José do Nascimento Jr., participou da abertura.

A logomarca das comemorações foi apresentada no MNHN do Chile

O evento celebra os 40 anos da Mesa Redonda de Santiago do Chile, cuja declaração final é considerada o grande marco da chamada Museologia Social, e tornou-se referência para as políticas públicas voltadas para o campo museal nos países ibero-americanos, contribuindo para o avanço do setor durante as últimas quatro décadas.

Reafirmar os princípios da Declaração da Mesa de Santiago do Chile de 1972, estimulando e fortalecendo a integração, cooperação e intercâmbio entre os países da Ibero-América no setor de museus, da cultura e nos demais âmbitos da sociedade, estão entre os principais objetivos da Década do Patrimônio Museológico.

Identidade visual
Durante a abertura dos atos comemorativos, foi apresentada a identidade visual da Década, cuja imagem foi selecionada por meio de concurso realizado em âmbito ibero-americano. A marca escolhida será utilizada em todos os eventos e documentos relacionados à Década, que culminará, em 2022, com o cinquentenário da Declaração da Mesa Redonda de Santiago do Chile.

As atividades serão realizadas em coordenação com o MINOM (Movimento Internacional para uma Nova Museologia), fórum internacional para a divulgação e o fortalecimento das novas tendências da museologia, vinculado ao Conselho Internacional de Museus (ICOM). Saiba mais.

Texto: Ascom/Ibram
Foto: Divulgação Ibermuseus

Atos comemorativos da Década do Patrimônio Museológico começam no Chile

Declaração da Mesa Redonda de Santiago do Chile, assinada em maio de 1972, é um documento que ressalta a importância e o desenvolvimento dos museus no mundo contemporâneo e sua contribuição para os planos educativos e de desenvolvimento social. O documento converteu-se em um grande marco da museologia social e em referência para políticas públicas nos países Ibero-Americanos.

Celebrando a data, os representantes de museus da Ibero-América propuseram a criação da Década do Patrimônio Museológico (2012-2022).

A iniciativa inclui a execução de ações de fortalecimento da área durante um período de 10 anos, que culminará com a comemoração do cinqüentenário da Declaração da Mesa Redonda de Santiago do Chile em 2022.

Os atos comemorativos da Década têm início no dia 30 de maio, às 18h30, no Museu Nacional de História Natural de Santiago do Chile – com a colaboração da Direção de Bibliotecas, Arquivos e Museus (Dibam). A celebração terá a presença de autoridades da área de museus da região e de organismos internacionais.

A identidade visual da Década, cuja imagem foi selecionada em concurso ibero-americano, será divulgada durante o ato inaugural. Ainda em setembro deste ano, o projeto será apresentado no marco da Unesco. Saiba mais.

Texto: Divulgação Ibermuseus

Concurso vai escolher marca para Década do Patrimônio Museológico

O Programa Ibermuseus lançou convocatória para a escolha da logomarca oficial da Década do Patrimônio Museológico (2012-2022).

A marca escolhida será utilizada em todos os eventos e documentos relacionados à Década, que culminará em 2022 com o cinquentenário da Declaração da Mesa Redonda de Santiago do Chile, documento que impulsionou os museus e a museologia social nos países Ibero-Americanos.

Podem participar da convocatória, profissionais e estúdios de design, artes plásticas, publicidade e artes gráficas em geral, com comprovada experiência na área, de quaisquer países da Ibero-américa.

As inscrições para o concurso podem ser feitas até 2 de fevereiro através do portal do Programa Ibermuseus. Poderão participar artistas gráficos e estúdios de design de todos os países da Ibero-América. Saiba mais.

Fonte: Divulgação Ibermuseus