PNEM é tema de debates em Santa Catarina e Rio de Janeiro no dia 11

O Programa Nacional de Educação Museal (PNEM), que está aberto para consulta pública até 26 de março, é tema de dois encontros este mês.

A Rede de Educadores em Museus de Santa Catarina (REM/SC), com o apoio do Sistema Estadual de Museus, realiza, dia 11 de março, a mesa redonda Museu e Educação: diálogos para a construção do Programa Nacional de Educação Museal – PNEM.

O evento acontece das 13h30 às 17h30, no Cinema do Centro Integrado de Cultura (CIC), em Florianópolis. As inscrições estão abertas e podem ser feitas online.

Já a Rede de Educadores em Museus no Rio de Janeiro (REM/RJ), após primeiro encontro realizado no dia 25 de fevereiro para elaborar propostas para o PNEM, reúne-se novamente também no dia 11 de março. As propostas coletivas serão postadas pela rede no fórum de debates virtuais após o dia 11.

O encontro vai acontecer no Espaço Oi Futuro (Rua 2 de dezembro, 63 – Catete),  das 9h às 17h. Saiba mais.

Outros estados interessados em realizar debates sobre o PNEM podem obter mais informações pelo endereço eletrônico pnem@museus.gov.br.

O programa, desenvolvido pelo Ibram, tem o objetivo de constituir diretrizes para as ações de educadores e profissionais dos museus na área educacional, fortalecer o campo profissional e garantir condições mínimas para a realização das práticas educacionais nos museus e processos museais. Visite o blogue do PNEM.

Texto: Ascom/Ibram

Secretaria de cultura inicia ciclo de debates com setor de museus do RJ

Como parte do processo de construção participativa do Plano Estadual de Cultura, a Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro (SEC-RJ) deu início ao ciclo de Debates Setoriais com o setor museal local.

Primeiro debate presencial aconteceu durante a passagem do projeto Conexões Ibram pela capital fluminense

O trabalho teve início em abril deste ano, quando foram formados Grupos de Planejamento Setorial (GPS), que produziram diagnósticos e propostas para 12 setores da cultura no estado. Nas reuniões, foram escolhidos autores para elaborar textos propositivos para cada área.

Dentre os textos estão o documento proposto pela Superintendência de Museus da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), fruto do processo de construção de uma política estadual de museus, e outros três artigos sobre formação de profissionais que atuam em museus, processos de gestão museal, e a realidade dos museus do interior do estado.

A ideia é que, a partir dos textos, sejam formuladas propostas de diretrizes e estratégias que possam auxiliar a formulação da futura política para o setor de museus. O primeiro debate presencial aconteceu no dia 28 de setembro, durante a passagem do projeto Conexões Ibram pela capital fluminense, com a participação dos autores dos quatro textos.

O debate, agora, prossegue via internet. Qualquer pessoa ou entidade pode enviar seus comentários e sugestões pela página do Plano Estadual de Cultura. Os quatro textos de referência para a discussão também estão disponíveis aos interessados.

Texto: Secult RJ
Edição e foto: Ascom/Ibram