Pesquisa: Museu Casa dos Ottoni tem aumento no número de visitantes

Museu Casa dos Ottoni (MG)

Museu Casa dos Ottoni: aumento da visitação durante eventos nacionais

O público visitante do Museu Casa dos Ottoni/Ibram, situado na cidade do Serro (MG), teve um crescimento de 30% nos últimos três anos. O resultado vem de pesquisa realizada pela equipe do museu a partir de dados de visitação do triênio 2011-2012-2013.

De acordo com os dados, o público total do museu em 2011 foi de 2.562 visitantes; em 2012, o número aumentou para 3.297 e em 2013 chegou a 4.585 visitantes.

O levantamento mostra que houve picos de visitação, em todos os anos pesquisados, durante as temporadas em que acontecem a Semana de Museus (maio) e a Primavera dos Museus (setembro), mas também um crescimento sustentado distribuído ao longo dos outros meses.

A pesquisa também revela que houve uma boa visitação de turistas estrangeiros no período, sendo a maioria deles da França (26%), Estados Unidos (23%), Alemanha (15%) e Espanha (10%).

Quanto à escolaridade, a grande maioria dos visitantes do museu possui apenas Ensino Fundamental (44%), proporção seguida pelo Ensino Médio (24%), Ensino Superior (24%) e Infantil (8%). Saiba mais sobre o museu.

Texto e foto: Ascom/Ibram

Solar Monjardim registrou aumento de quase 60% no número de visitantes

O mais recente balanço semestral realizado pela direção do Museu Solar Monjardim/Ibram, localizado em Vitória (ES), revelou uma boa notícia: de janeiro a junho deste ano, o museu registrou crescimento de 59,7% no número de visitantes em relação ao mesmo período do ano passado.

Museu ocupa casarão de período colonial em Vitória

O aumento segue uma tendência de evolução sistemática dos índices de visitação ao museu registrada nos últimos meses. Em 2012, o crescimento absoluto no número de visitantes registrado foi de 43,7% em relação ao mesmo período do ano de 2011.

Além da evolução quantitativa, o museu vem desenvolvendo ações que objetivam atrair novos públicos, diversificando o perfil de seus visitantes e democratizando o acesso à cultura na região.

Sobre o museu
Situado num casarão construído no final do século XVIII, considerado um dos mais importantes testemunhos do período colonial capixaba, o Museu Solar Monjardim ampliou seu horário de funcionamento em 2012.

Atendendo a um desejo da população capixaba e turistas, o museu passou a abrir ao público também aos finais de semana e feriados: de terça a sexta, das 9h30 às 16h30, sábados, domingos e feriados, das 13h às 17h.

A entrada é franca e todas as visitas são monitoradas. O agendamento prévio por telefone é necessário apenas para grupos de dez ou mais visitantes. O Museu Solar Monjardim localiza-se à Av. Paulino Müller, s/ nº, Jucutuquara. Outras informações pelo telefone (27) 3223.6609.

Texto: Ascom/Ibram

Orçamento do Ibram em 2013 cresce 9,25% em relação ao ano passado

O orçamento do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) para 2013 cresceu 9,25% em relação ao ano passado.

Os recursos aprovados para este ano ultrapassam os R$ 140 milhões. Outros R$ 2,7 milhões devem ser alocados para o setor de museus através de emendas parlamentares.

O crescimento dos recursos destinados ao campo museal é um dos efeitos mais imediatos da Política Nacional de Museus (PNM), que completou dez anos na quinta-feira (16). Saiba mais. Após anos de redução progressiva dos investimentos federais na área, o MinC tem elevado ano a ano os repasses diretos a museus: em 2003, quando a PNM foi lançada, o valor era de R$ 24 milhões.

Política pública
Com o objetivo de garantir que todas as instituições museais brasileiras tenham igualdade de acesso aos meios de financiamento, desde 2004 são promovidos editais e prêmios para o setor.

Destacam-se os prêmios Darcy Ribeiro e Mario Pedrosa, o edital Modernização de Museus, que seleciona projetos de modernização com valores entre R$ 100 e R$ 300 mil; o Prêmio Modernização de Museus – Microprojetos, que premia inciativas de R$10 a R$50 mil, e o edital Mais Museus, que visa a implantação de novos museus em municípios que não possuem instituição museal.

Em relação aos 30 museus que compõem a rede Ibram, foram constantes nos últimos anos a aquisição de equipamentos, mobiliário e material permanente voltados para a segurança, climatização, acessibilidade, expografia, além de acondicionamento e informatização de acervos.

Os investimentos do Ibram em seus museus vinculados revelam atenção especial com a segurança. Somente os gastos com segurança ostensiva, ou seja, contratação de equipe de segurança terceirizada, somaram 14 milhões de reais em 2012, o que representa cerca de 50% do orçamento disponibilizado para manutenção administrativa.

Texto: Ascom/Ibram

Marta Suplicy visita 5º FNM e garante maior investimento em museus para 2013

A ministra da Cultura, Marta Suplicy, participou na tarde de ontem (22), do 5º Fórum Nacional de Museus, em Petrópolis (RJ). Em fala à plenária, a ministra ressaltou a importância do fórum como “espaço de estímulo à criação de redes entre os profissionais do setor”, além do intercâmbio com estudantes de Museologia e áreas afins, e da divulgação dos museus brasileiros.

A ministra lembrou o crescimento do número de museus no Brasil – já são cerca de 3.260 mapeados pelo Ibram – e da visitação a exposições, além do aumento do investimento no campo museal nos últimos dez anos. Leia a íntegra do discurso.

“As políticas adotadas desde 2003 conseguiram ressignificar a importância dos museus, mostrar o quão rentável é para o investidor e para a sociedade o investimento em cultura”, disse. “Nosso esforço agora é garantir e elevar o campo museal para o padrão de excelência que almejamos, profissionalizando e valorizando os seus agentes em todos os elos da cadeia”.

Foram citadas também ações como o Programa de Fomento aos Museus, que vai destinar, até o fim de 2013, cerca de R$ 20 milhões a instituições museais, por meio de prêmios e editais, além da destinação de R$ 7 milhões aos museus ligados ao Ibram. Continue lendo no blogue do 5º Fórum Nacional de Museus.

No museu

Suplicy recebeu do diretor do Museu Imperial réplica de pena de ouro usada pela Princesa Isabel para a assinatura da Lei Áurea (1888)

Mais cedo, Marta Suplicy visitou o Museu Imperial, vinculado ao Ibram/MinC, onde participou de almoço na companhia do presidente do Ibram, José do Nascimento Jr. do diretor do museu, Maurício Ferreira Jr., da secretária de Cultura do Rio de Janeiro, Adriana Rattes, membros da família Imperial, entre outros convidados.

Ao conhecer o acervo do Museu Imperial, Marta Suplicy afirmou que o setor museal receberá um incremento de 30% nos investimentos em 2013. A ministra comemorou ainda a aprovação pela Câmara dos Deputados, nesta quarta-feira (21), do Projeto de Lei do Vale Cultura que, em sua opinião, vai atuar como um “bolsa-alma”, garantindo acesso à cultura a milhões de pessoas.

O 5º Fórum Nacional de Museus encerra-se hoje (23), no Sesc Quitandinha, em Petrópolis, e reuniu cerca de mil participantes, entre profissionais, gestores, estudantes e militantes da área de museus e memória.

Texto: Ascom/MinC e Ascom/Ibram
Fotos: Tiago Silva e Fabrício Cruz

Matéria relacionada
Ministra da Cultura visita Museu Imperial e FNM