Retrato de D. João VI do acervo MHN é reproduzido em selo comemorativo

200 anos da Independência do Brasil: selo integra série de seis emissões dos Correios até 2022

200 anos da Independência do Brasil: selo integra série de seis emissões dos Correios até 2022

Nesta semana, os Correios lançaram um selo comemorativo pelo Bicentenário da Aclamação de D. João VI (1767-1826) como rei do Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves.

A imagem que estampa o selo é a reprodução de uma pintura de José Leandro de Carvalho (1770-1834), que se encontra no acervo do Museu Histórico Nacional (MHN/Ibram), no Rio de Janeiro (RJ), desde 1924.

O pintor foi o principal retratista da corte de dom João VI entre 1808 e 1820. Além do rei, retratou outros membros da família imperial, como dom Pedro I, princesa Leopoldina e dona Maria I, tendo sido comparado pela crítica a “um pequeno Velásquez da elite imperial”.

200 anos da Independência
Este segundo selo, de uma série de seis, é resultado de parceria entre a Câmara dos Deputados e os Correios que se estenderá até 2022, quando se celebram os 200 anos da Independência do Brasil.

A arte do selo é de Ely Borges e Isabel Flecha de Lima. Foram utilizados recursos de tinta calcográfica e computação gráfica. Com valor de R$ 2,05 e tiragem de 180 mil unidades, o selo pode ser adquirido nos Correios.

O quadro pode ser visto na exposição de longa duração Portugueses no Mundo, que integra o circuito do Museu Histórico Nacional. Saiba mais.

Texto: Ascom/Ibram
Imagem: Correios/Divulgação

Três exposições reabrem Museu Nacional dos Correios em Brasília

Os Correios realizam a reabertura do Museu Nacional dos Correios no dia 25 de janeiro, às 19h, em Brasília (DF). O evento ocorrerá na sede do museu, localizado no Setor Comercial Sul, com a presença do presidente dos Correios, Wagner Pinheiro de Oliveira, representantes do Ministério da Cultura (MinC) e convidados.

Durante o evento, serão abertas três exposições: Mestres da Gravura apresenta acervo da Fundação Biblioteca Nacional/MinC, com obras de artistas como Rembrandt, Dürer e Goya. A exposição Correios: um diálogo com Vilém Flusser, inspirada em texto do pensador da comunicação Vilém Flusser, traz uma mostra do funcionamento dos Correios ao longo dos tempos. 

A natureza em selos: o meio ambiente somos nós reúne selos lançados pela empresa sobre a flora e a fauna brasileiras, algumas das pinturas originais que serviram para a sua confecção, bem como um painel interativo para o público infantil.

Haverá ainda o lançamento do edital de seleção de patrocínio para os centros e espaços culturais dos Correios para 2012 e a assinatura do acordo de cooperação com o Ministério da Cultura que visa a adoção de procedimentos conjuntos para a seleção de projetos culturais a serem patrocinados pela ECT e avaliados pelo MinC para fins dos benefícios da Lei Rouanet.

Outras informações pelo telefone (61) 3426.1720. O Museu Nacional dos Correios localiza-se no Setor Comercial Sul, Quadra 4, Lote 256 – Edifício Apolo.

Fonte: Divulgação Correios

Ibram e Correios fecham acordo para criação do Museu Paulo Leminski

Poema desenho de Paulo Leminski e João Suplicy

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) e a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos deram início na quarta-feira (23), a uma parceria voltada para a criação do Museu Nacional da Poesia Paulo Leminski, em Curitiba (PR).

O museu será instalado na antiga sede central dos Correios na capital paranaense. O prédio, que conta com 4 mil metros quadrados, foi inaugurado em 1934 e encontra-se subutilizado desde 1998, quando houve mudança de sede da empresa.

A partir de agora, as duas instituições darão início a uma série de reuniões técnicas que vão definir os detalhes relativos à instalação do museu. A direção dos Correios já anunciou que, em paralelo a este trabalho, vai financiar a completa restauração do prédio, que custará R$ 4 milhões.

A ideia é que o museu reúna acervo pessoal do poeta curitibano Paulo Leminski e exponha sua obra de forma interativa – a exemplo do que já é feito em instituições como o Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo. A previsão é de que o museu seja inaugurado até 2013, como parte das comemorações de 350 anos dos Correios.

Texto: Ascom/MinC
Imagem: Livro Winterinverno/divulgação