Copa 2014: patrocínio da Petrobras para museus será de R$ 20 milhões

A ministra da Cultura, Marta Suplicy, anunciou 12 projetos da área de museus que serão contemplados com patrocínio da Petrobras, entre 2013 e 2014, no valor total de R$ 20 milhões. O aporte faz parte da ação cultural do MinC para a Copa do Mundo e vem somar a outros investimentos já anunciados pela pasta.

Um dos museus mais visitados do país, Museu Imperial receberá recursos da Petrobras

As cidades-sede da Copa das Confederações 2013 e da Copa do Mundo 2014 concentram em torno de 23% dos museus brasileiros – 737 de 3.220 museus mapeados pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram). Se somados aos museus presentes no raio de 200 km da capital, o número sobe para 32% (1.024).

A iniciativa contempla diretrizes de patrocínio cultural da Petrobras ao apoiar o resgate, a recuperação e a organização do acervo material e imaterial da cultura brasileira, assim como a ampliação do acesso público aos bens culturais. Os recursos serão destinados para a requalificação dos museus, inclusive de suas exposições. Há previsão de utilização de recursos em audioguias e material trilingue.

A expectativa é de que o esforço realizado deixe como legado uma infraestrutura de equipamentos e serviços no Setor Museal que interajam com o patrimônio cultural das cidades para que turistas brasileiros e estrangeiros desfrutem dos benefícios durante os grandes eventos e que as melhorias sejam mantidas em permanente conservação pelo governo local, para usufruto da população.

Distribuição regional
No Nordeste, quatro projetos importantes receberão recursos: revitalização e requalificação da exposição de longa duração do Museu de Arte Contemporânea de Pernambuco, em Olinda, e do Museu da Cidade do Recife; revitalização da Pinacoteca do Palácio de Cultura, em Natal (RN); e implantação do Museu Nacional de Cultura Afro-Brasileira, em Salvador (BA).

O Museu Lasar Segall é a única unidade da rede Ibram em São Paulo

O estado do Rio de Janeiro, que também receberá as Olimpíadas de 2016, terá cinco museus beneficiados com este recurso: Museu Imperial e Palácio Rio Negro, em Petrópolis; museu nacional mais visitado do país e residência oficial de antigos presidentes da República, respectivamente; Museu da República e Museu Chácara do Céu, no Rio de Janeiro e Museu de Arte Sacra de Paraty – todos ligados a rede de museus Ibram.

O Museu Mariano Procópio, em Juiz de Fora (MG), também será contemplado, pois possui um importante acervo da época do Império, que dialoga com o Museu Imperial, e fica entre duas cidades-sede – Rio de Janeiro e Belo Horizonte.

Estão na lista ainda, a requalificação do Museu Lasar Segall, em São Paulo e a criação do Portal dos Museus, site de busca que beneficiará todos os museus brasileiros, mas, que em um primeiro momento terá a sua atuação voltada mais para as 12 cidades-sede da Copa do Mundo. Veja a lista completa.

Texto e fotos: Ascom/Ibram

Ministra pede recursos para museus em audiência na Câmara dos Deputados

A ministra da Cultura, Marta Suplicy participou, no dia 7 de novembro, de audiência na Comissão de Educação e Cultura (CEC) da Câmara dos Deputados, em Brasília, após café da manhã com a Frente Parlamentar Mista em Defesa da Cultura.

Ministra da Cultura durante audiência na Câmara dos Deputados em Brasília

Suplicy, que assumiu a pasta no último dia 12 de setembro, pediu apoio aos deputados para ampliar as verbas destinadas à Cultura. Ela afirmou que o ideal seria não depender das Emendas Parlamentares, mas que o ministério precisa desse reforço financeiro.

Um dos pontos destacados foi a implementação de museus. “Estamos pedindo 250 milhões de reais para os museus. Todos os estados têm museus e precisamos de orçamento, principalmente para os estados que têm cidades-sede para a Copa 2014 ou que estejam até três horas das sedes”, esclareceu a ministra. “O visitante vê o jogo e depois vai passear: queremos que estes lugares tenham estrutura. A nossa parte no MinC é garantir isso”.

Museu Afro-Brasileiro
Marta Suplicy pediu também apoio à construção, em Brasília, de um museu destinado à cultura afro-brasileira, às margens do Lago Paranoá, terreno cedido pelo Governo do Distrito Federal (GDF). O deputado Stepan Nercessian (PPS-RJ), titular da CEC, se comprometeu com R$ 1 milhãopara a construção do Museu Afro em Brasília. Para o deputado, o gesto é simbólico: “O Museu Afro em Brasília não deve ser um projeto de uma bancada ou de um partido. Todos os deputados deveriam tirar algum dinheiro para ajudar nessa realização”, afirmou.

O Deputado Ângelo Carlos Vanhoin (PT-PR), suplente da comissão, ressaltou a importância da preservação da memória do país e do trabalho realizado pelo Insituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC).

Entre os presentes, representantes de autarquias e órgãos da Cultura, José do Nascimento Junior, presidente do Ibram, Andressa Pappas, coordenadora de Desenvolvimento Sustentável do Audiovisual, Eloi Araújo, presidente da Fundação Palmares/MinC, Jurema Machado, presidente do Iphan/MinC, e Sergio Mamberti, secretário de Políticas Culturais/MinC. Leia mais no portal do Ministério da Cultura.

Texto e foto: Ascom/Ibram

Matéria relacionada
Marta debate orçamento na Câmara

Turismo e cultura: evento em Ouro Preto debate desafios para a Copa 2014

O Museu da Inconfidência/Ibram promove, no dia 19 de maio (sábado), às 14h, a mesa redonda O turismo e a Copa – novos desafios.

Serão discutidos temas pertinentes à organização da Copa 2014, no que diz respeito aos preparativos dos setores cultural, esportivo, logístico, hoteleiro e demais áreas envolvidas. A atividade faz parte da programação do museu para a 10ª Semana Nacional de Museus. O encontro acontece no auditório, Anexo I do museu, e tem entrada franca.

Participam a turismóloga Fernanda Quadros, que elaborou projetos de turismo para a Copa 2014 em Minas Gerais e atua na gestão operacional do Mineirão; a chefe da Divisão de Difusão do Ibram/MinC, membro do Projeto Legado Cultural para a Copa do órgão, Ana Cristina Viana de Melo; o ex-jogador do Atlético Mineiro, historiador e membro da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, João Leite; a superintendente da Secretaria Estadual de Cultura, Fátima Trópia, e o prefeito de Ouro Preto, Ângelo Oswaldo de Araújo Santos.

Antes do evento, serão distribuídas senhas para o sorteio de bolas profissionais do futebol de campo. Também haverá uma intervenção da equipe do Projeto Era Virtual, que falará sobre a importância da presença dos museus na internet. Recentemente, foi inaugurada a visita virtual ao Museu da Inconfidência. Saiba mais.

Texto: Divulgação Museu da Inconfidência

Copa 2014: aberta Chamada Pública para projetos de promoção do Brasil

Estão abertas desde 2 de maio, as inscrições para os interessados em participar da Chamada Pública para projetos de promoção do Brasil pela realização da Copa do Mundo da FIFA 2014.

A adesão deve ser feita até 15 de junho por meio de formulário online já disponível no Portal da Copa.

Os projetos selecionados devem atender a pelo menos um dos seguintes eixos temáticos: negócios, turismo ou sociocultural, observadas as disposições do Plano de Promoção do Brasil (também incluído no edital), que visa promover o País em decorrência do Mundial de futebol. Saiba mais.

Fonte: Portal da Copa

Copa 2014: aberta chamada pública para projetos de promoção do Brasil

Está aberta até o dia 31 de outubro, chamada pública para a inscrição de projetos que poderão integrar a Programação Oficial do Governo Federal para a Promoção do Brasil pela realização da Copa do Mundo FIFA 2014.

A execução dos projetos está prevista para 2012, 2013 e o primeiro semestre de 2014. O processo seletivo servirá para identificar e definir os projetos que poderão obter apoio financeiro de órgãos ou entidades da administração pública federal direta e indireta ou a chancela institucional do Governo Federal.

As inscrições são gratuitas e o envio de projetos deve seguir os parâmetros de um documento que exige, entre outros requisitos, descrição de objetivos, definição de público-alvo, estimativa de público, cronograma de execução físico-financeiro e estratégia de ação.

O Plano de Promoção do Brasil aborda a promoção do país de uma forma ampla. As ações de publicidade, de relações públicas, de promoção de imagem e relacionamento com a imprensa são apontadas como indispensáveis ferramentas para garantir o sucesso do evento, especialmente para o fomento comercial, turístico e sócio-cultural. Continue lendo.

Fonte: Portal da Copa