Ibram abre novas vagas para intercâmbio na Escola do Louvre

Ecole du Louvre-500x352

A Escola do Louvre, instituição vinculada ao Ministério da Cultura e Comunicação francês que receberá três estudantes brasileiros para intercâmbio em 2016.

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC), em parceria com a Escola do Louvre, lançou nesta segunda-feira (18) mais uma edição de Edital de Seleção destinado à concessão de bolsas de intercâmbio acadêmico na França para estudantes brasileiros do campo da Museologia e áreas relacionadas.

O Intercâmbio Acadêmico Ibram-Escola do Louvre, para o qual serão oferecidas três bolsas, vai acontecer durante o período de 29 de agosto a 26 de novembro deste ano em Paris, abarcando duas semanas de formação no Seminário Internacional de Verão de Museologia (SIEM) e até dois meses de estágio em museus franceses.

Serão selecionados três estudantes brasileiros, de cursos de mestrado ou doutorado, nas áreas de Museologia, História da Arte, Arqueologia, Antropologia e Etnologia, além de demais áreas de Humanidades, Ciências Sociais e cursos multidisciplinares com projetos vinculados à área museal. Uma das vagas será destinada a concorrência entre servidores do Ibram e as demais ao público em geral.

Os candidatos selecionados receberão auxílio para o período máximo de até noventa dias de estadia na França, que incluirá mensalidades para os três meses de intercâmbio, auxílio instalação, seguro saúde e auxílio deslocamento ou passagem aérea de ida e de volta em classe econômica para o trecho Brasil-França-Brasil.

Os valores das bolsas terão como base a Portaria nº 174 da CAPES, de 6 de dezembro de 2012, na modalidade Capacitação. A vaga destinada a servidor do Ibram seguirá a legislação federal relativa a afastamentos do país, podendo o servidor selecionado optar pelo afastamento do país com ônus limitado ou sem ônus.

O Ibram receberá inscrições via correio, que devem incluir toda a documentação exigida, no período de 25 de janeiro a 21 de março deste ano. Para mais informações, consulte a íntegra do edital ou envie e-mail para asint.selecao@museus.gov.br.

Ibram assina acordo de Cooperação Técnica com Serpro para implantar museu

O Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) e o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) assinaram nesta terça-feira, 17, em Brasília, um acordo de cooperação Técnica com o compromisso de promover ações conjuntas para criar uma proposta de estruturação e implementação do Museu do Serpro.

O presidente do Ibram (esq.) salientou o papel do Serpro para a história da informática no país

A expectativa do diretor-presidente do Serpro, Marcos Mazoni, é de que em dezembro de 2014, quando ocorrem as festividades pelos 50 anos da empresa, aconteça a inauguração do memorial com a história de tecnologia do Serpro e, indiretamente, do Brasil.

Mazoni salientou que é importante deixar registrada para as gerações futuras os marcos da trajetória da empresa na área da tecnologia da informação brasileira, haja vista que, desde a década de 60, o Serpro é referência nesse âmbito.

Papel histórico
“Documentar essa caminhada é uma maneira de preservar e compartilhar as informações ao longo da história do Serpro, além de disponibilizá-las à sociedade para fins de pesquisa e divulgação”, enfatizou Mazoni, durante a assinatura.

“Esperamos que a nossa expertise contribua e ajude o Serpro na construção deste museu, que contribuirá para o registro do nascimento e da evolução do mundo da tecnologia e da informática brasileira”, acrescentou o presidente do Ibram, Angelo Oswaldo.

O acordo prevê o apoio do Ibram na elaboração do estudo de viabilidade (diagnóstico da situação) e desenvolvimento da proposta conceitual do museu. Em um segundo momento, o Instituto apoiará a elaboração e a execução do plano museológico e museográfico, bem como seu desenvolvimento institucional.

Nesta última etapa, caberá ao conselho diretor do Serpro a aprovação da proposta de criação do museu. O documento tem validade de três anos. Continue lendo na página web do Serpro.

Texto e foto: Divulgação Serpro
Edição: Ascom/Ibram

Décimo encontro do projeto Conexões Ibram é aberto em Florianópolis

Cerca de 140 pessoas estiveram presentes na manhã desta terça-feira (14) no cinema do Centro Integrado de Cultura (CIC), em Florianópolis (SC), para a abertura do décimo encontro do Conexões Ibram – um recorde de público desde o início do projeto, em março.

Joceli de Souza (FCC) e Cícero Almeida (Ibram) assinam termo de Cooperação Técnica

A abertura foi marcada pela assinatura de Termo de Cooperação Técnica entre o Ibram e a Fundação Catarinense de Cultura (FCC) para o fortalecimento do campo museal catarinense.

“O Conexões Ibram é uma de nossas ações mais significativas porque seu objetivo é a consolidação da área de museus em todo o Brasil”, explicou o diretor do Departamento de Processos Museais (DPMUS) do Ibram, Cícero de Almeida (em pé), que representou o presidente do órgão no evento. “Para nós é importante estar em Santa Catarina, onde a Política Nacional de Museus já se encontra em estágio avançado de consolidação”.

O presidente da Fundação Catarinense de Cultura, Joceli de Souza, lembrou que o Sistema Estadual de Museus de Santa Catarina existe desde 1991 e foi reformulado em 2011, com a publicação de decreto que incrementou sua gestão e atuação. “Temos hoje 200 museus mapeados em Santa Catarina, sendo que 168 deles já aderiram ao Sistema Estadual de Museus”, disse. Leia a matéria completa no blogue do projeto Conexões Ibram.

Texto: Ascom/Ibram
Foto: Fernanda Peres/FCC

Ibram publica acordos de Cooperação Técnica feitos durante Conexões

O Instituto Brasileiro de Museus publicou, no dia 8 de agosto, no Diário Oficial da União (nº 153, Seção 3, páginas 17 e 18), oito extratos de acordos de Cooperação Técnica assinados com os estados visitados pelo Ibram no primeiro semestre de 2012 durante eventos do projeto Conexões. Dentre os estados parceiros estão: Bahia, Rio Grande do Norte, Ceará, Espírito Santo, Piauí, Alagoas, Pernambuco e Goiás.

O Acordo de Cooperação tem como objetivo a integração de competências e de recursos institucionais para o desenvolvimento de ações conjuntas que contribuam para o reconhecimento, o fortalecimento, a difusão, o fomento e o incentivo do setor museal de cada estado. A ênfase da cooperação está no fortalecimento do Sistema Brasileiro de Museus e do Sistema Estadual de Museus e sua articulação e também na implantação, monitoramento e avaliação do Plano Nacional Setorial de Museus e dos Planos Estaduais e Municipais de Museus, entre outros.

Com vigência de 60 meses a partir da de sua assinatura, os acordos poderão ser prorrogados por um período de 12 meses, mediante a celebração de Termo Aditivo, contanto que haja devida justificativa e não se altere do objeto do documento.

Desde março de 2012, o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) percorre os estados do país conectando os museus brasileiros às novas políticas e instrumentos de gestão museais. Oito estados participaram no primeiro semestre de 2012 e, nos próximos meses, a programação segue para mais dez estados. A cidade de Belém (PA) recebeu esta semana, nos dias 7 e 8, a primeira parada do projeto Conexões Ibram no segundo semestre. Do norte, o projeto Conexões Ibram prossegue para Santa Catarina, nos dias 14 e 15. Saiba mais.