130 anos do nascimento de Villa-Lobos é comemorado com música no museu

O Museu Villa-Lobos/Ibram, no Rio de Janeiro, realiza no domingo (5), dia do nascimento de Heitor Villa-Lobos e também Dia Nacional da Música Clássica, uma série de concertos em memória de seu patrono. A programação tem início às 14h e o ingresso custa R$2,00. O Museu Villa-Lobos fica na Rua Sorocaba, 200, no bairro de Botafogo.

Villa-Lobos e sua esposa Arminda

Villa-Lobos e sua esposa Arminda em 1957 – dois anos antes de seu falecimento

Fazem parte da programação dois grupos – Orquestra Popular Tuhu e Orquestra Villa-Lobos e as Crianças – oriundos de um projeto social de educação musical nascido no Museu e apoiado pela instituição, além do Quinteto Villa-Lobos e o Quarteto Radamés Gnattali – dois dos mais importantes conjuntos de música de câmara brasileiros.

No encerramento, a soprano norte-americana radicada no Brasil Carol McDavit, acompanhada pelo pianista Flávio Augusto, apresenta um recital Villa-Lobos que servirá de abertura para o lançamento do seu livro Vozes das Américas – Encontro das culturas europeia, africana e indígena nas canções de câmara de Heitor Villa-Lobos e Aaron Copland.

Heitor Villa-Lobos
Considerado, ainda em vida, o maior compositor das Américas, Heitor Villa-Lobos compôs cerca de 1 mil obras e sua importância reside, entre outros aspectos, no fato de ter reformulado o conceito brasileiro de nacionalismo musical, tornando-se seu maior expoente.

Foi também, através de Villa-Lobos, que a música brasileira se fez representar em outros países, culminando por se universalizar. Villa-Lobos nasceu em 5 de março de 1887 e faleceu em 1959, aos 72 anos. Saiba mais na página do Museu Villa-Lobos.

Texto: Ascom Museu Villa-Lobos
Edição: Ascom Ibram

Museu Imperial recebe programação de festival de inverno em Petrópolis

Entre os dias 19 e 27 de julho, o Museu Imperial integra a programação 2014 do 14º Festival de Inverno Dell’arte, que tem abertura no dia 18, às 20h, com concerto na Catedral de São Pedro de Alcântara, em Petrópolis (RJ).

Charles Chaplin como Carlitos: cinema mudo e música ao vivo em Petrópolis

Charlie Chaplin como Carlitos: cinema mudo e música ao vivo em Petrópolis

A primeira atividade no museu será uma das apresentações da série Concertos à Luz de Velas, com a  harpista Cristina Braga acompanhada do violinista Ricardo Amado e do contrabaixista Ricardo Medeiros.

A formação pouco usual do trio possibilita incursões tanto na música popular como na clássica. O concerto será no dia 19 de julho, às 18h, e a entrada custa R$ 24 – com direito à meia entrada para idosos e estudantes,

Além dos concertos noturnos, a programação também traz concertos diurnos, que acontecem ao meio-dia, e exibições de filmes – com algumas sessões acompanhadas de música ao vivo em homenagem aos 100 anos da estreia no cinema de Charlie Chaplin (1889-1977).

A doação de 1kg de alimento garante a entrada para as duas atividades, que terão lugar no Cine Teatro do museu. Confira a programação completa no Museu Imperial e a do 14º Festival de Inverno de Dell’arte.

Texto: Divulgação Museu Imperial
Edição: Ascom/Ibram
Foto: Divulgação

Museu Histórico Nacional (RJ) retoma concertos mensais gratuitos

Dando continuidade à série Música no Museu, promovida pela Carpex Empreendimentos, o Museu Histórico Nacional/Ibram abrigará toda última sexta-feira do mês, sempre às 12h30, um concerto aberto ao público com entrada franca.

Em janeiro, a série privilegia concertos dedicados aos blues e derivados. O estilo está na base de grande parte da música pop moderna, podendo ser muito simples e direto, com o som de voz e violão, ou muito sofisticado e orquestrado. No dia 27 de janeiro, acontece o Concerto do duo In The Mood, com os músicos Jolt (voz guitarra, gaita e flauta) e Damu Shiva (contrabaixo acústico).

Já em fevereiro, os clássicos do carnaval movimentarão a agenda do projeto Música no Museu. No dia 24 de fevereiro será o dia da apresentação de teclado com Newton Nazareth executando peças de Carlos Gomes, Chiquinha Gonzaga, Ernesto Nazareth, Noel Rosa, entre outros. Saiba mais.

Texto e foto: Divulgação MHN/Ibram