Página 1 de 212

Cineclube do Museu da República celebra o cineasta Glauber Rocha

O Cineclube Cinema e História Silvio Tendler, do Museu da República, no Rio de Janeiro (RJ), faz uma homenagem ao cineasta baiano Glauber Rocha amanhã (1º de agosto). O motivo é a comemoração dos 50 anos de lançamento do filme Deus e o diabo na terra do sol, indicado à Palma de Ouro do Festival de Cannes em 1964.

Glauber_LabirintoSerá exibido, às 18h30, o documentário Glauber, o Filme – Labirinto do Brasil, produzido em 2003, dirigido pelo cineasta Silvio Tendler. O filme faz uma radiografia do Cinema Novo, a partir das ideias de um de seus maiores ícones.

Antes, Silvio Tendler e o cineasta Sergio Santeiro falam sobre a vida e a obra de Glauber. O evento será mediado por Elizabeth Abel de Figueiredo, museóloga, historiadora e pesquisadora do Museu da República. A entrada é franca.

Conhecido como “o cineasta dos vencidos” ou “o cineasta dos sonhos interrompidos”, Tendler abordar em seus filmes personalidades como os ex-presidentes João Goulart e Juscelino Kubitschek,  ou o guerrilheiro Carlos Marighella. O cineasta já produziu cerca de 40 filmes, entre curtas, médias e longas-metragens.

O Museu da República localiza-se à Rua do Catete, 153 (estação de metrô Catete). Saiba mais.

Texto: Divulgação Museu da República
Imagem: Divulgação

Filme sobre Tancredo Neves será exibido no Museu da República

O documentário Tancredo, a travessia, do diretor Silvio Tendler, será exibido no dia 17 de abril, às 19h, no Museu da República/Ibram (Rua do Catete, 153), no Rio de Janeiro (RJ). A entrada é franca.

Poster do filme de Tendler

Poster do filme de Tendler

A sessão será seguida de conversa com o diretor e a pesquisadora, museóloga e historiadora do museu Elizabeth Abel de Figueiredo, abordando a trajetória de Tancredo Neves e a campanha pelas Diretas Já!- que completa 30 anos em 2014.

O documentário, lançado em 2011, aborda os três principais momentos da vida política do mineiro Tancredo Neves: ministro da Justiça de Getúlio Vargas na crise política de agosto de 1954, cujos desdobramentos levaram o presidente ao suicídio; primeiro-ministro em razão da renúncia do presidente Jânio Quadros, em 1961; e como candidato a presidente da República e presidente eleito, em 1985, com a missão de restabelecer o governo civil e a democracia no Brasil.

Foram entrevistadas 28 personalidades – políticos, jornalistas, artistas e familiares – que conviveram com o presidente Tancredo Neves e foram, ao lado dele, protagonistas dos mais importantes fatos políticos ocorridos no Brasil desde a última metade do século 20. Assista ao trailer.

Tancredo, a Travessia complementa uma trilogia de Silvio Tendler, que começou com Os Anos JK e continuou com Jango, presidentes cujas biografias foram marcadas por um compromisso indissolúvel com a democracia e o futuro da nação e do povo brasileiro.

Texto: divulgação Museu da República
Imagem: divulgação

Cinema e História: Museu da República inicia projeto audiovisual no RJ

Silvio Tendler debate com o público após sessão

No dia 1º de Abril, às 20h, o Museu da República (MR/Ibram), no Rio de Janeiro (RJ), inaugura seu novo espaço para cinema e debates com o lançamento do documentário Os militares que disseram não, de Sílvio Tendler, e mais quatro dias com exibição de títulos de diferentes diretores.

A sessão de abertura será em uma tenda montada no jardim do MR, com participação do diretor Sílvio Tendler e convidados. A entrada é franca.

Com apoio da Mostra de Cinema Marcas da Memória, da Comissão de Anistia do Ministério da Justiça, o Cineclube Cinema e História Sílvio Tendler será um espaço para exibição de documentários e debates.

As exibições, sempre gratuitas, acontecerão duas vezes por mês no Museu da República, quinzenalmente, com convidados especiais para conversarem sobre os temas dos filmes exibidos.

Cartaz do filme de Maria de Medeiros que integra a mostra do MR

Contra a ditadura
Realizado em 2013, o filme de Tendler que abre o projeto audiovisual é sobre os militares que lutaram pela constituição, pela legalidade e contra o golpe de 1964, e que até hoje buscam reconhecimento na história, pois a sociedade pouco ou nada sabe a respeito de militares perseguidos, cassados, torturados e mortos, por defenderem a ordem constitucional e uma sociedade livre e democrática. Confira o trailer do filme.

Já no dia 2 de abril será exibido outro título de Tendler. Advogados contra a ditadura trata do papel dos advogados na defesa dos direitos e garantias dos cidadãos durante a ditadura militar.

No dia 3, o público poderá assistir ao filme Repare bem, da atriz e cineasta portuguesa Maria de Medeiros. Vencedor do Kikito de Melhor Filme no festival de Gramado de 2013, conta a história de três gerações de mulheres envolvidas na luta contra a ditadura militar.

Eu me lembro, de Luiz Fernando Lobo, é documentário que tem exibição no dia 4. O tema são os cinco anos das Caravanas da Anistia  e reconstrói a luta dos perseguidos por reparação, memória, verdade e justiça.

A programação especial encerra-se no dia 5 com a exibição de Duas Histórias, com direção de Ângela Zoé. O filme mostra a trajetória de dois militantes socialistas, com experiências diferentes, na luta contra a ditadura militar brasileira.

As sessões entre os dias 2 e 5 de abril acontecem no auditório do Museu da República, sempre às 20h. Outras informações sobre o evento podem ser obtidas pelos telefones (21) 2127.0333/0328 ou pelo endereço eletrônico mr.imprensa@museus.gov.br.

Texto: Divulgação MR
Foto: Internet/Memória do Esporte

Cineclube MI apresenta em março filmes inspirados na obra de Shakespeare

Em março, o Cineclube Museu da Inconfidência, em Ouro Preto (MG), exibe filmes inspirados na obra do dramaturgo inglês William Shakespeare (1564-1616). No dia 15, a comédia Sonho de uma noite de verão (1999), dirigida por Michael Hoffman, leva às telas as criaturas mágicas de uma das maiores obras literárias de todos os tempos.

Cineclube apresenta versões cinematográfica para obras de Shakespeare

Já no sábado (16), o drama Hamlet – Vingança e Tragédia (2000), de Michael Almereyda, atualiza um clássico. Nesta versão, o jovem Hamlet vai ao casamento do tio com sua mãe, após a morte do pai. Suspeita que este foi assassinado, e então inicia uma vingança.

As projeções são gratuitas e comentadas e ocorrem sempre às 19h no Auditório do Museu da Inconfidência (Anexo I. Rua Vereador Antônio Pereira, 33). O projeto tem patrocínio da Caixa Econômica Federal e apoio da Associação de Amigos do Museu da Inconfidência. Saiba mais.

Texto e imagem: Divulgação Museu da Inconfidência

Cinema e Contracultura é tema de mostra no Museu da Inconfidência

O projeto de cineclube do Museu da Inconfidência/Ibram, em Ouro Preto (MG), apresenta neste mês de janeiro dois filmes dentro do tema Cinema e Contracultura. As sessões são gratuitas, sempre às 19h, e acontecem no auditório do museu (Anexo I).

A conversação será exibido dia 25 de janeiro no Museu da Inconfidência

No dia 18, o filme escolhido foi Sem destino, dirigido por Dennis Hopper em 1969. Símbolo dos anos 60, o filme conta a história de dois amigos que cruzam os Estados Unidos em suas motos, enquanto descobrem a síntese de uma década. Filme indicado ao Oscar de Melhor Roteiro e eleito como um dos mais influentes da história do cinema.

No dia 25 é a vez de A conversação, de Francis Ford Coppola – rodado em 1974. O filme apresenta o personagem Harry, especialista em escutas e espionagem industrial, que se vê diante de uma trama terrível, passando de investigador a investigado.

Em um de seus trabalhos, ele presencia um crime e sua vida muda radicalmente. Um dos filmes mais aclamados da carreira de Francis Ford Coppola, vencedor da Palma de Ouro do Festival de Cannes. Saiba mais sobre o cineclube e sobre o Museu da Inconfidência.

Texto: Divulgação Museu da Inconfidência

Cineclube do Museu da Inconfidência exibe dois filmes no final de semana

O Cineclube Museu da Inconfidência, patrocinado pela Caixa Econômica Federal e apoiado pela Associação de Amigos do Museu da Inconfidência, desbrava a América no mês de julho ao exibir dois filmes sobre a formação do continente – por meio da visão política e poética de dois importantes diretores do cinema europeu.

No dia 27 (sexta-feira), será exibido o longa-metragem Queimada, uma coprodução Itália/França, realizada em 1969 por Gillo Pontecorvo. A manipulação de ideias e conflitos se faz presente em um país imaginário da América Central, trazendo Marlon Brando em um de seus mais famosos papéis.

Já no sábado (28), será exibido Aguirre: a cólera dos deuses – coprodução Alemanha/Peru rodada em 1972 – do diretor Werner Herzog. O filme retrata a loucura de um homem perdido no coração da Amazônia em busca do Eldorado.

As projeções são gratuitas e comentadas e ocorrem sempre às 19h no Auditório do Museu da Inconfidência em Ouro Preto (Anexo I – Rua Vereador Antônio Pereira, nº 33). Sinopses e mais informações estão disponíveis aqui.

Fonte: Divulgação Museu da Inconfidência

Cinema e gastronomia no Museu da Inconfidência (MG)

Cinema e gastronomia é o tema do Cineclube Museu da Inconfidência/Ibram no mês de janeiro. No dia 20 será exibido Soul Kitchen (2009, 99min), do diretor alemão de ascendência turca Fatih Akin. A comédia foi indicada a melhor filme no European Film Awards e venceu o prêmio especial do Júri no Festival de Veneza.

Já no dia 21 será projetado o drama O Segredo do Grão (2007, 141min), do tunisiano Abdel Kechiche, grande vencedor do prêmio César de 2008, a maior honraria concedida anualmente aos filmes franceses.

As sessões são gratuitas e comentadas e ocorrem sempre às 19h no Auditório do Museu da Inconfidência (Anexo I. Rua Vereador Antônio Pereira, 33, Centro – Ouro Preto). Sinopses e mais informações aqui.

Texto e foto: Divulgação Museu da Inconfidência

Museu da Inconfidência (MG) homenageia ações em Educação e Museus

O Museu da Inconfidência/Ibram, em Ouro Preto (MG), promove no dia 16 de dezembro, às 14h, cerimônia que homenageia os professores e instituições educacionais que desenvolveram trabalhos dentro da temática Educação e Museu ao longo deste ano.

O evento é destinado às escolas que inscreveram suas atividades junto ao Projeto Educativo no Museu 2011 – iniciativa do Setor de Educação Museal. O objetivo é reconhecer e valorizar as ações realizadas pelos docentes e seus alunos a partir da visitação à exposição de longa duração ou às mostras promovidas na Sala Manoel da Costa Athaide. O evento acontece no auditório do museu e a entrada é franca. Saiba mais.

Cineclube
No mesmo dia 16, o Cineclube Museu da Inconfidência, patrocinado pela Caixa Econômica Federal, exibe o longa-metragem O Homem Elefante (The Elephant Man, 1980, 118 min.), dirigido pelo norte-americano David Lynch, que recebeu oito indicações ao Oscar. A sessão é gratuita e ocorre sempre às 19h. Outras informações sobre o cineclube aqui.

Museu Regional de Caeté (MG) comemora Consciência Negra

O Projeto quinzenal Quarta Cultural do Museu Regional de Caeté/Ibram realiza, no dia 23 de novembro, uma edição especial em homenagem ao Dia Nacional da Consciência Negra – comemorado em 20 de novembro no Brasil.

Com o objetivo de informar o público escolar sobre o processo de formação do povo brasileiro, o museu levará ao auditório da Escola Estadual José Brandão, a palestra Família e Mestiçagens nas Minas do Séc. XVIII, ministrada pelo historiador e doutorando da Universidade Federal de Minas Gerais, Rangel Netto. O encontro será às 10h.

Já às 14h, o Museu Regional de Caeté exibirá o filme Besouro, dirigido por João Daniel Tikhomiroff, que retrata a história da luta dos negros contra a escravidão. A sessão tem entrada franca. Saiba mais.

Fonte: Divulgação Museu Regional de Caeté

Cineclube do Museu Casa da Hera (RJ) no Circuito Poesia Gourmet

A cidade de Vassouras (RJ) recebe, entre os dias 3 e 6 de novembro, a primeira edição do Circuito Poesia Gourmet. O circuito conta com uma vasta programação cultural, que inclui atrações como recitais, saraus itinerantes pela cidade, oficinas de gastronomia, piqueniques em fazendas históricas, lançamentos de obras literárias e sessão de cinema  no projeto cineclubista do Museu Casa da Hera/Ibram.

Gastronomia e arte são o tema do cineclube durante o evento com o filme Chocolate, uma produção baseada no romance homônimo de Joanne Harris. A atividade é gratuita e acontece no dia 4 de novembro, às 14h.

O evento, que conta com vários parceiros, é realizado pela Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Vassouras e busca promover a cultura e favorecer o desenvolvimento do turismo na cidade.

Mais filmes
No dia primeiro de novembro, o Cineclube Casa da Hera exibiu os filmes que integraram as mostras Nacional e Internacional do Dia Internacional da Animação (DIA), comemorado em 28 de outubro em mais de 30 países. A atividade foi gratuita e divulgada entre as escolas da região.

Fonte: Divulgação Museu Cara da Hera

Página 1 de 212