Página 2 de 212

CNIC de novembro aprova R$ 198 milhões para projetos na área de museus

Realizada em Manaus (AM), entre os dias entre os dias 4 e 6 deste mês, a 226ª Reunião da Comissão Nacional de Incentivo à Cultura (CNIC) aprovou a captação de cerca de R$ 198,2 milhões para o financiamento de projetos na área de museus.

Foram analisadas 33 propostas, sendo 27 apreciadas pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) e seis por outras vinculadas do Ministério da Cultura (MinC). Todas as propostas foram aprovadas.

O Ibram liberou, para as 27 propostas sob sua análise – duas delas pedidos de readequação – a captação de R$ 186.456.598,38. Para os seis projetos restantes, analisados por outras vinculadas do Sistema MinC, foi aprovada a captação de R$ 11.739.749,48. A soma total liberada totaliza R$ 198.196.347,86.

As propostas aprovadas, que contemplam em sua grande maioria o financiamento de Planos Anuais de Atividades para museus, poderão agora captar recursos via Lei Rouanet.

Formada por representantes da sociedade civil e governo, a CNIC é o órgão colegiado que tem a missão de subsidiar as decisões do Ministério da Cultura (MinC) na aprovação dos projetos culturais com vistas à captação via renúncia fiscal. Saiba mais.

Texto: Ascom/Ibram

CNIC de outubro aprova 21 projetos na área de museus

Realizada entre os dias 7 e 9 de outubro, em Brasília (DF), a 225ª Reunião da Comissão Nacional de Incentivo à Cultura (CNIC) aprovou a captação de cerca de R$ 31,1 milhões para o financiamento de projetos na área de museus.

Foram avaliados no total 21 projetos, entre novas propostas e pedidos de readequação. Todos os projetos foram aprovados. Do total mencionado, 12 projetos foram avaliados pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), para os quais foi aprovado um valor total de R$ 26.098.799,06. Os demais nove projetos, para os quais foram autorizados R$ 5.003.508,20, foram avaliados por outras vinculadas do Ministério da Cultura (MinC).

Os projetos aprovados, que agora poderão captar recursos via mecanismo de renúncia fiscal (Lei Rouanet), contemplam a realização de exposições, projetos educacionais e obras de readequação, a produção de estudos e publicações e o financiamento de planos anuais para 2015. Veja o resultado completo da CNIC de outubro de 2014.

Formada por representantes da sociedade civil e do Estado, a CNIC é o órgão colegiado que tem a missão de subsidiar as decisões do MinC na aprovação dos projetos culturais, com vistas a captação via renúncia fiscal.

Texto: Ascom/Ibram

 

 

CNIC aprova cerca de R$ 8,5 milhões para projetos de museus

Realizada nos dias 5 e 6 de agosto, em Brasília (DF),  a 223ª reunião da Comissão Nacional de Incentivo à Cultura (CNIC) aprovou a captação de cerca de R$ 8,5 milhões para o financiamento de projetos na área de museus.

Foram avaliados nesta ocasião onze projetos. Destes, sete foram encaminhados e analisados pelo Ibram, para os quais foi aprovada a captação de R$ 6.087.127,61; e os demais por outras autarquias vinculadas ao Ministério da Cultura (MinC), para os quais foram liberados R$ 2.468.865,21. A soma totaliza R$ 8.555.992,82. Veja a lista completa.

Os projetos aprovados, que agora poderão captar recursos via mecanismo de renúncia fiscal (Lei Rouanet), contemplam ações como construção de museu, preservação e divulgação de acervos, restauração de obras e a realização de exposições e outras atividades.

Inscrições abertas
Formada por representantes da sociedade civil e do Estado, a CNIC é o órgão colegiado que tem a missão de subsidiar as decisões do MinC na aprovação dos projetos culturais, com vistas a captação de recursos via renúncia fiscal.

Até 12 de setembro, o ministério está com inscrições abertas para o edital que trata da habilitação de entidades culturais e do empresariado de todo o país, para indicação de membros para compor a Comissão Nacional de Incentivo à Cultura no biênio 2015/2016. Saiba mais.

Texto: Ascom/Ibram

CNIC do mês de maio aprovou mais de R$ 15 milhões para a área de museus

Realizada em Blumenau (SC), entre os dias 27 e 29 de maio, a 220ª reunião da Comissão Nacional de Incentivo à Cultura (CNIC) autorizou a captação de mais de R$ 15 milhões para projetos na área de museus. Foram analisados 16 projetos com foco no setor, sendo seis deles analisados pelo Ibram. Os demais projetos foram aprovados por outras autarquias vinculadas ao MinC.

Ao todo, 737 projetos foram analisadas pela CNIC. Desses, 708 foram aprovadas. Só com esses novos projetos, foram acrescidos R$ 638 milhões ao total de recursos a serem captados por meio de renúncia fiscal.

Os proponentes que tiveram seus projetos com parecer favorável à aprovação deverão agora aguardar publicação, no Diário Oficial da União, da portaria de autorização para captação de recursos. Também devem acompanhar seu projeto através do Sistema SalicWeb, uma vez que as comunicações e solicitações complementares, caso necessárias, se dão exclusivamente por essa ferramenta.

Formada por representantes da sociedade civil e do Estado, a CNIC é o órgão colegiado que tem a missão de subsidiar as decisões do Ministério da Cultura (MinC) na aprovação dos projetos culturais, com vistas a captação via renúncia fiscal. Saiba mais.

Texto: Ascom/Ibram

CNIC 2014: projetos na área de museus poderão captar mais de R$ 18 milhões

Realizada em Brasília (DF) entre os dias 11 e 13 deste mês, a 217ª reunião da Comissão Nacional de Incentivo à Cultura (CNIC) – a primeira realizada em 2014 – autorizou a captação de mais de R$ 18,2 milhões para projetos na área de museus.

Foram analisados 20 projetos com foco no setor, dos quais 16 foram aprovados. Sete deles foram analisados pelo Ibram, que aprovou cinco ações: Museu do Torcedor, Exposição do Objeto para o Mundo – Coleção Inhotim, Alfredo Volpi – catalogação completa das obras, Memorial da Segurança do Transporte no Brasil e Museu de Arte do Rio – Plano Anual 2014.

Os demais projetos foram aprovados por outras autarquias vinculadas ao MinC e incluem ações para obras de restauro e acessibilidade, manutenção, digitalização de acervos, além da realização de exposições e outros eventos. O valor total autorizado para captação foi de R$ R$ 18.209.117,71.

Formada por representantes da sociedade civil e do Estado, a CNIC é o órgão colegiado que tem a missão de subsidiar as decisões do Ministério da Cultura (MinC) na aprovação dos projetos culturais, com vistas a captação via renúncia fiscal.

A próxima reunião será realizada em São Luis (MA) entre os dias 18 e 20 de Março, dando continuidade à itinerância dos encontros, com o objetivo de incorporar a diversidade brasileira na pauta.

Texto: Ascom/Ibram

CNIC autoriza mais de R$ 90 milhões para museus em novembro

A Comissão Nacional de Incentivo à Cultura (CNIC) autorizou em sua 215ª Reunião, que aconteceu em Campo Grande (MS), entre os dias 5 e 7 deste mês, a captação de mais de R$ 92 milhões em projetos para a área de museus.

Foram aprovados cerca de R$ 60,7 milhões em projetos analisados pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) e outros  R$ 31,3 milhões em projetos analisados por outras vinculadas do MinC. Eles agora poderão captar recursos via mecanismo de renúncia fiscal (Lei Rouanet).

Os projetos aprovados se destinam a planos anuais de museus, ações de modernização, complementações orçamentárias, realização de exposições e até o desenvolvimento de um aplicativo móvel destinado à divulgação museal: Museu na palma da mão.

Formada por representantes da sociedade civil e do Estado, a CNIC é um órgão colegiado que tem a missão de subsidiar as decisões do Ministério da Cultura (MinC) na aprovação dos projetos culturais, com vistas a captação via renúncia fiscal. Ao todo, são 21 integrantes: 7 titulares e 14 suplentes das áreas de Audiovisual, Humanidades, Artes Cênicas, Artes Visuais, Empresariado Nacional, Música e Patrimônio. Saiba mais no portal do MinC.

Texto: Ascom/Ibram

CNIC em abril aprova 25 projetos da área museal para captação de recursos

Entre os dias 9 e 11 de abril, a 208ª Reunião da Comissão Nacional de Incentivo à Cultura (CNIC), que teve lugar em Brasília (DF), aprovou nove projetos para a área museal, analisados pelo Ibram, assim como 16 outros projetos analisados pelas demais instituições vinculadas do Ministério da Cultura (MinC).

No total, a área teve autorização para captar mais de R$ 23.640 milhões por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura (Rouanet). Dentre os projetos analisados pelo Ibram encontram-se planos anuais de manutenção para museus, inventários e digitalização de acervos – como no Museu do Estado de Pernambuco – assim como projetos de ampliação e criação de museu.

Já entre os projetos analisados por outras vinculadas destacam-se eventos como mostras, exposições e festivais, assim como a restauração de bens materiais. Os mais de 700 pareceres emitidos durante a 208ª Reunião da CNIC estão disponíveis para acesso, assim como o relatório final da reunião de abril.

Sobre a comissão
A CNIC é um órgão colegiado que tem, entre outras, função de subsidiar as decisões do MinC na aprovação dos projetos culturais submetidos para captação via renúncia fiscal da Lei Rouanet.

A comissão é composta por representantes de artistas, empresários, sociedade civil e do Estado. Ao todo, são 21 integrantes: sete titulares e 14 suplentes das áreas de Audiovisual, Humanidades, Artes Cênicas, Artes Visuais, Empresariado Nacional, Música e Patrimônio.

A próxima reunião acontece entre os dias 7 e 9 de maio, em Bento Gonçalves (RS), dando sequência ao formato itinerante da CNIC, onde as reuniões ordinárias ocorrem alternadamente em Brasília e em um estado de cada região brasileira. Saiba mais.

Texto: Ascom/Ibram
Última atualização: 18.4.2013

Página 2 de 212