Ibram lança chamada para parcerias com foco em aplicativos para eventos

Ibram_logo_baixaEntre os dias de 27 de março e 7 de abril, o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) recebe propostas para parcerias, sem repasse de recursos financeiros, com serviços e produtos de empresas privadas atuantes na área de aplicativos (apps) para dispositivos móveis (celulares e tabletes).

O intuito é auxiliar na promoção e divulgação dos eventos coordenados pelo Ibram – como Fórum Nacional de Museus, Semana de Museus e Primavera dos Museus.

A utilização dos apps reforçará a interação entre a organização e os públicos-alvo dos eventos, melhorando a experiência dos usuários com os conteúdos e reduzindo ainda gastos com materiais impressos.

Uma ou mais empresas poderão ser parcerias, atendendo igualmente o escopo das ações de promoção dos eventos e ações do Ibram.

Cada empresa deverá desenvolver aplicativo a partir de conteúdo especialmente elaborado para a ação ou evento. Além de fornecer o aplicativo, com suporte técnico no período de realização do evento, deverá ainda prover orientações de uso ao público.

Como contrapartida será feita a inclusão das logomarcas das empresas parceiras como Apoio no material de divulgação e promoção de cada ação ou evento. Acesse a chamada e confira os requisitos mínimos para os aplicativos.

As empresas interessadas deverão entrar em contato como o Ibram pelo telefone (61) 3521.4142 ou pelo e-mail cpgii@museus.gov.br.

Texto: Ascom/Ibram

Museu Imperial lança aplicativo ‘História nas mãos’

Como principal novidade para as Olimpíadas, o Museu Imperial/Ibram lança, nessa sexta-feira (5 de agosto), o aplicativo “História nas mãos”, com a disponibilização de informações sobre ambientes e peças dispostas ao longo do circuito de exposição permanente do Museu. Essa iniciativa conta com o apoio da Sociedade de Amigos do Museu Imperial – SAMI.

O aplicativo estará disponível para os sistemas Android (https://goo.gl/dX6pbX)  e iOS (https://goo.gl/YK3Qgg) e o interessado poderá baixar através do seu celular antes da visita, ou pelo site do Museu www.museuimperial.gov.br utilizando o link www.museuimperial.gov.br/app.

O visitante deverá aproximar seu smartphone do código que estará afixado na sala de interesse para obter imagens, textos e demais informações sobre os ambientes e peças que pertenceram à Família Imperial Brasileira. Disponível em dois idiomas: português e inglês, a ferramenta visa atender, igualmente, ao público com necessidades especiais: de audição e de visão.

QR Code – É um código de barras que pode ser escaneado através de um celular equipado por câmera. No caso do Museu Imperial, o visitante poderá obter mais informações sobre 20 ambientes desejados

Museu Histórico Nacional completa 90 anos com programação especial no RJ

Sediado no Rio de Janeiro (RJ) e vinculado ao Ibram/MinC, o Museu Histórico Nacional (MHN) completa 90 anos de existência no dia 2 de agosto.

Para celebrar a data, o MHN preparou uma programação especial que inclui exposição temática e o lançamento de selo e carimbo comemorativos, além de aplicativo multimídia.

Museu Histórico Nacional – 90 Anos de Histórias, será aberta no dia 2, às 18h30, com a participação da ministra da Cultura, Ana de Hollanda, do presidente do Ibram, José do Nascimento Jr., e da diretora do MHN, Vera Tostes.

A exposição revela a trajetória da instituição, criada em 2 de agosto de 1922, pelo Presidente Epitácio Pessoa, no âmbito da Exposição Internacional Comemorativa do Centenário da Independência do Brasil.

Dividida em módulos temáticos, a mostra apresenta 350 peças representativas do acervo do museu, incluindo a primeira peça incorporada à coleção – uma casaca de senador da época do imperador D. Pedro II – e a mais recente, um uniforme de gari doado pela Comlurb.

A partir da exposição, o visitante terá a oportunidade de conhecer melhor a trajetória do MHN: a formação do acervo, que hoje reúne cerca de 350 mil itens, e as iniciativas pioneiras – como a criação da primeira escola de Museologia do país e do primeiro serviço federal de proteção ao patrimônio nacional.

Selo e aplicativo

Fotografia da Capela da Jaqueira em Recife (PE)

No dia 2 de agosto, também parte da programação dos 90 anos do MHN/Ibram,  a exposição Arte Barroca e Rococó no Brasil – fotografias de Alex Salim será aberta ao público. O fotógrafo mineiro selecionou 42 imagens para a exposição que representam uma síntese da produção artística brasileira do ciclo barroco-rococó.

Durante a abertura, serão lançados o selo e o carimbo comemorativos dos 90 anos do MHN produzidos pelos Correios. Foram produzidos, sob encomenda, 12 mil exemplares, que estarão à venda na loja do museu.

O MHN vai lançar ainda aplicativo gratuito e disponível para iPhone, iPad e iPod Touch, com vasto conteúdo multimídia (áudio, fotos e vídeos). O aplicativo estará disponível para download via internet. Saiba mais.

Texto: Ascom/Ibram
Imagens: Divulgação MHN
Última atualização: 1º de agosto de 2012