Pontos de Memória de Maceió e Belo Horizonte fazem suas primeiras exposições

Os Pontos de Memória Museu Cultura Periférica, na comunidade do Jacintinho, em Maceió (AL), e o Museu do Taquaril, em Belo Horizonte (MG), lançam suas primeiras exposições neste último fim de semana de novembro.

A mostra Memória que o vento não levou…,do ponto de memória alagoano, acontece nesta sexta (30), na Feirinha do Jacintinho, em frente ao Mercado Público, das 7h30 às 13h30, e faz um recorte por meio de fotografias, relatos e filmagens de moradores que lutaram para o crescimento do Jacintinho e de comunidades do entorno.

Uma das imagens que compõem a exposição em Taquaril

Como parte da programação também haverá palestra sobre o tema Museu: a construção do conhecimento na interface do tempo e do espaço, às 16h, com a historiadora Elizabeth Salgado de Souza (Universidade Estadual Santa Cruz -BA), na Escola Estadual Manoel Simplício. Mais informações com Viviane Rodrigues pelos telefones (82) 8843.9311/9698.7928.

A exposição do Museu do Taquaril Fios da Memória: Tecendo os primeiros passos será lançada no sábado , 1º de dezembro, a partir das 9h, no espaço do Ponto de Memória ( Rua Pedro de Cintra, 109, próximo ao CRAS). De acordo com o consultor local do Ponto de Memória, Wellington Pedro, “Muitas serão as memórias aqui tratadas. A maioria delas tecidas nas histórias de seus moradores”. Mais informações pelo telefone (31) 9190.8616.

As exposições dos Pontos de Memória são resultado de pesquisa e realização de inventário participativo realizado por lideranças comunitárias desde 2009, com apoio do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) e da Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI).

Texto e imagem: Divulgação Programa Pontos de Memória

Em Alagoas, assinatura de acordo marca abertura do projeto Conexões Ibram

O recém-reformado Museu da Imagem e do Som (MISA), em Maceió (AL), recebe o projeto Conexões Ibram nos dias 24 e 25 de maio. A apresentação da orquestra sinfônica do Centro de Belas Artes de Alagoas abriu a programação na manhã do dia 24, seguida da assinatura de Acordo de Cooperação Técnica entre o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) e o Governo de Alagoas.

Eneida Braga falou sobre poíticas públicas para museus. Na platéia, Osvaldo Viégas (de terno)

Assinado pela presidente substituta do Ibram, Eneida Braga, e pelo secretário de Cultura de Alagoas, Osvaldo Viégas, o documento prevê a integração de recursos da área museal e o desenvolvimento de ações conjuntas no setor.

Em sua fala de abertura, o secretário convocou os prefeitos alagoanos a participar do processo e buscar oferecer mais e melhores museus para a população do Estado. “Ainda temos muitos desafios, mas o termo de cooperação possibilita melhores ações para a preservação da memória, para dar sustentabilidade ao setor”, acredita.

A programação do encontro prossegue até o fim da tarde do dia 25 com palestras sobre o Programa Nacional Setorial de Museus (PNSM), Sistema Alagoano de Cultura, Estatuto de Museus e seus novos instrumentos de gestão museal, gestão dos riscos ao patrimônio, programa Pontos de Memória e estratégias de fomento e financiamento aos museus.

Alagoas é o sexto estado visitado pelo projeto Conexões Ibram, que começou em março e já esteve na Bahia, Rio Grande do Norte, Ceará, Espírito Santo e Piauí. Saiba mais.

Texto: Ascom/Ibram
Foto: Paulo Rios/Governo de Alagoas

Museu Cultura Periférica (AL) realiza primeiro Chá de Memória

O Ponto de Memória Museu Cultura Periférica, em Maceió (AL), realiza seu primeiro Chá de Memória entre os dias 24 e 27 de fevereiro. Os chás acontecerão em quatro núcleos de comunidades que integram o museu: Jacintinho, Vergel, Vila Emater e Vila de Pescadores de Jaraguá.

Na ocasião, será formada uma roda em que os moradores e artistas locais compartilharão suas histórias, memórias, fotos e objetos relacionados à formação do bairro, com recorte às manifestações da cultura local: Hip Hop, Bumbas, Coco de Roda, Guerreiro e Capoeira.

De acordo como conselho gestor do museu, a ação, que integra o processo de inventário participativo, tem como objetivo fortalecer a participação da comunidade no desenvolvimento do ponto de memória. Confira a programação a seguir. Saiba mais.

Programação
24 de fevereiro – 19h30
Local: Academia de Fer Know d, Av. Coronel Paranhos, nº 604, Jacintinho.
Participação especial do cordelista Demis Santana

25 de fevereiro – 10h
Local: Núcleo Cultural da Zona Sul, Rua Cabo Reis, nº 200, Vergel.

26 de fevereiro – 9h
Local: Espaço Cultural da Vila Emater, nº 50, São Jorge (Vila Emater)

27 de fevereiro – 19h
Local: Sede da Associação de Moradores da Vila de Pescadores, nº 18, Jaraguá.
Participação especial dos artistas plásticos Ferro Dias e Mirela Oliveira

Fonte: Divulgação Pontos de Memória
Foto: Divulgação Museu Cultura Periférica

Museus inscrevem para exposições temporárias em 2012

Neste início de ano, diversos museus e instituições culturais estão com editais abertos para a seleção de exposições em 2012. O Museu Victor Meirelles/Ibram recebe inscrições, até o dia 26 de janeiro, para o Edital Público de Exposições Temporárias. Mais informações aqui.

Já o Museu do Diamante/Ibram (foto) recebe propostas até o dia 14 de março. O concurso contemplará cinco projetos de exposição de arte contemporânea ou tradicional, a serem realizados na sala de exposições temporárias. Informações podem ser solicitadas pelo endereço eletrônico md.programaexposicao@museus.gov.br.

A Pinacoteca Universitária da Universidade Federal de Alagoas (UFAL) aceita inscrições individuais ou coletivas de trabalhos coerentes com a proposta do espaço, voltado para a arte contemporânea. As inscrições vão até 23 de janeiro. Mais informações aqui ou pelo telefone (82) 3221.7230.

O Museu Eugênio Teixeira Leal, de Salvador (BA), também está com edital aberto para a seleção de oito propostas de exposição a ser realizadas entre os meses de março a dezembro deste ano. Interessados devem entrar em contato com a instituição através do telefone (71) 3321.8023.

O Programa de Exposições Temporárias de 2012 do Museu de Arte Contemporânea de Mato Grosso do Sul (Marco) inscreve até 10 de janeiro. Os detalhes estão disponíveis na página do museu.

Já as instituições, artistas, curadores e colecionadores que desejem enviar propostas de exposições temporárias para o Museu de Arte de Blumenau (SC) podem fazer suas inscrições, que são gratuitas, até o dia 17 de janeiro. O regulamento do edital e demais informações estão na página da Fundação Cultural de Blumenau.

Texto: Ascom/Ibram

Exposição fotográfica Além da Beleza em Arapiraca (AL)

 A exposição fotográfica Além da Beleza – plumária indígena brasileira estará aberta ao público entre os dias 8 a 30 de outubro na Galeria Sesc Arapiraca (AL).

A mostra faz parte do programa de exposições itinerantes do Sesc, apresentando 31 pôsteres coloridos que revelam um mapa das etnias indígenas brasileiras, com seus artefatos confeccionados em plumas que encantam e provocam reflexões.

O Sesc Arapiraca oferece à comunidade uma série de eventos educacionais e culturais ao longo do ano. A exposição Além da Beleza – Plumária Indígena Brasileira pode ser visitada gratuitamente de terça a domingo, das 12h às 18h, à rua Manuel Cazuza, S/N – Santa Edwiges.

Fonte: Divulgação Sesc Arapiraca

Memorial Teotônio Vilela celebra centenário de Maria Bonita

O Memorial Teotônio Vilela, de Maceió (AL), se junta nesta sexta à programação da 5ª Primavera dos Museus, que este ano traz como tema “Mulheres, museus e memórias” e prossegue até o próximo domingo (25).

A programação, que faz uma homenagem às mulheres com palestras, apresentações artísticas e ação educativa, será aberta às 19h, quando o museu promove palestra sobre a Lei Maria da Penha com a convidada Eulina Ferreira Neta, da Secretaria da Mulher, da Cidadania e dos Direitos Humanos de Alagoas.

O museu fará também uma homenagem ao centenário de Maria Bonita, comemorado este ano, com apresentação do Grupo de Xaxado das Barreiras, do município alagoano de Coruripe. Na ocasião, também serão distribuídos exemplares de um boletim especial produzido pela Cepal este ano em homenagem as mulheres alagoanas.

Ponto de Cultura – Neste sábado (24), o Ponto de Cultura Enseada das Canoas, também em Maceió, promoverá atrações artísticas femininas de capoeira, maracatu e dança afro. Logo após as performances, haverá um debate sobre a atuação da entidade no contexto social com a mediação da presidente do Ponto de Cultura, Maria Eunara.

Numa ação educativa, o evento também vai abordar, com a utilização da figura de Santa Maria, a questão do aleitamento materno, com apoio da Secretaria de Estado da Saúde e Pastoral da Crianças. A ação será direcionada às moradoras do bairro de Jaraguá, também em Maceió.

Acervo fotográfico do Museu Théo Brandão passa por visita técnica

O acervo fotográfico do Museu Théo Brandão da Universidade Federal de Alagoas vai ficar mais bem preservado e conservado. De 24 a 26 de maio especialistas do Centro de Conservação e Preservação Fotográfica (CCPF) da Fundação Nacional de Arte (Funarte) estarão no museu para diagnosticar e orientar sobre a preservação de seu acervo fotográfico.

O CCPF oferece cursos e oficinas de capacitação em técnicas de preservação fotográfica para recuperar coleções de instituições públicas e privadas. O Museu irá disponibilizar três funcionários e dois bolsistas para participarem do treinamento que envolve técnicas de higienização, estabilização e restauro de fotografias.

Segundo o diretor do museu, Wagner Chaves, “a fotografia é um elemento da memória importantíssimo. O que o Théo Brandão produziu é equiparado aos maiores folcloristas do Brasil como Mario de Andrade e Câmara Cascudo. Quando esse material for divulgado, o Théo Brandão vai ser alçado ao patamar que ele merece”, declara.