16ª Semana de Museus movimentou programação do Museu das Bandeiras

Com programação que buscou aproximar a comunidade local da instituição, Museu das Bandeiras recebeu durante o período da 16ª Semana de Museus um total de 464 visitantes.

Com programação que buscou aproximar a comunidade local da instituição, Museu das Bandeiras recebeu durante o período da 16ª Semana de Museus um total de 464 visitantes.

De 15 a 17 de maio, o Museu das Bandeiras (MUBAN) realizou programação especial para a 16ª Semana de Museus. Foram três dias de atividades no gramado do museu, a céu aberto, com boa adesão da comunidade do entorno do museu. A ideia foi realizar um evento que saísse dos muros do museu e acontecesse ainda mais próximo de sua comunidade.

No dia 15, houve o lançamento do curta documentário “Os Devotos de São Sebastião da Pedreira” projeto de Lucinete Morais contemplado pelo Fundo de Arte e Cultura do Estado de Goiás, que contou com a presença de membros da comunidade rural responsável pelo festejo.

No dia 16, com a presença de Lucinete Morais, da professora e coordenadora Cris Ventura (AudioVisual) e da professora doutoranda Naira Rosana (Artes Plásticas), ambas do Instituto Federal de Goiás (IFG), realizou-se roda de conversa sobre os trabalhos realizados em parceria com o arquivo do Museu das Bandeiras: “Enxovia Forte” e “Das Cartas que Escrevo”, ambos pesquisados e realizados no MUBAN, e do projeto em processo de criação) “Os devotos de São Sebastião, o santo fujão do município de Goiás”, que teve cenas filmadas no Museu das Bandeiras.

Encerrando a programação, no dia 17 a equipe do Museu das Bandeiras abriu a exposição “Hiperconexões Museais: Bandeiras, Boa Morte, Princesa e outros Museus do Ibram.” A exposição virtual e itinerante foi desenvolvida por Girlene Bulhões para ser exibida e projetada em paredes nas áreas externas do Museu das Bandeiras, do Museu Casa da Princesa e outros locais. A noite seguiu com show da banda Cambalombra.

Durante todo o período da Semana de Museus (15 a 20 de maio), o Museu das Bandeiras teve 464 pessoas visitando seu espaço expositivo. Ao longo dos três dias de programação no museu, foi contabilizado público total de 110 pessoas. A programação contou com o apoio e parceria da Prefeitura Municipal de Goiás, do Instituto Federal de Goiás (IFG) e do Iphan Goiás.

MHN tem entrada gratuita, visitas mediadas e prêmios na 16ª Semana de Museus

Até o domingo (20), o Museu Histórico Nacional (MHN/Ibram), no Rio de Janeiro (RJ), oferece entrada gratuita para o público de todas as idades – celebrando a 16ª edição da Semana de Museus, que acontece nesta semana em todo o país.

Além da chance de conhecer a exposição permanente do museu, que aborda a história do Brasil em suas diversas fases, o visitante pode ainda visitar a exposição temporária “Paisagens da guerra”, do pintor italiano Edoardo de Martino. Saiba mais.

Para a Semana de Museus 2018, o MHN lançou ainda dois desafios para o público, que darão prêmios exclusivos do museu para os ganhadores. Saiba como participar.

Bonde da história
Uma programação especial também foi pensada para a 16ª Semana de Museus: o projeto Bonde da História realiza visitas mediadas entre os dias 15 (terça) e 20 (domingo), abordando temas diversos relacionados ao acervo em exposição do museu – todas com entrada gratuita.

Na terça (15), às 15h, o tema será “Umbanda e história do Brasil”. A ideia é abordar o papel e a atualidade de uma manifestação religiosa e cultural importante para a nossa formação. Haverá intérprete de Libras nesta sessão.

O projeto Bonde da História é conduzido pelo setor educativo do MHN

O projeto Bonde da História é conduzido pelo setor educativo do MHN

Na quarta (16), às 11h, o Bonde da História traz o tema “Museus, memória e mulheres”. Como a representação e representatividade femininas estão presentes na memória do país? Essa é uma pergunta que guia a visita mediada – que também conta com intérprete de Libras.

Às 15h acontece uma visita especial:“Museu para museólogos”, voltada especialmente para os profissionais da área de museus.

Na quinta (17), “A presença negra no MHN” será o tema da visita mediada, às 11h, destacando a produção artística e histórica de matrizes africanas no Brasil.

Já às 15h, o tema tem inspiração em um rap nacional e no tradicional 1º de abril para contar “As maiores mentiras do Brasil”. Quais as mentiras, mitos e construções históricas duvidosas acerca da nossa história? Haverá intérprete de Libras nesta sessão.

No sábado (19), às 14h, o Bonde da História aborda o tema “A violência em objetos de nossa história” – um debate, a partir de objetos do circuito expositivo, sobre diferentes tipos de violência. A atividade é acessível para pessoas com deficiência visual e auditiva.

Encerrando a ampla programação, “Descobrindo o mundo no MHN” traz no domingo 20, às 14h, atividades multissensoriais para famílias com bebês e crianças na primeira infância. O projeto, realizado em parceria com a educadora Suely Mendonça, propõe maior interação entre o público e o espaço do museu, para além do uso de brinquedos pedagógicos e educativos.

Texto e foto: Ascom/MHN

10 instituições mineiras participarão juntas da 16ª Semana de Museus

Com o tema “Museus Hiperconectados: novas abordagens, novos públicos”, 16ª Semana de Museus motiva participação conjunta do Museu Regional de São João del-Rei e outros nove museus mineiros na temporada de eventos.

Com o tema “Museus Hiperconectados: novas abordagens, novos públicos”, 16ª Semana de Museus motiva participação conjunta do Museu Regional de São João del-Rei e outros nove museus mineiros na temporada de eventos.

O Museu Regional de São João del-Rei, vinculado ao Ibram, participará em parceria com outras nove instituições culturais mineiras da 16ª Semana de Museus. São 22 eventos programados entre os dias 14 e 26 de maio nas cidades de São João del-Rei e Tiradentes e ligados por um único tema: a presença, resistência e história da cultura afro-brasileira em Minas Gerais.

Promovida todos os anos pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) para celebrar o Dia Internacional de Museus (18 de maio), a Semana de Museus acontece este ano de 14 a 20 de maio com o tema “Museus Hiperconectados: novas abordagens, novos públicos”.

Seguindo esta temática, museus e outros estabelecimentos de cultura da região firmaram parceria e formaram os “Elos da Liberdade”: um evento de arte, cultura e história que busca mostrar à população a importância da cultura africana em nosso dia a dia, sua presença ao longo dos anos e sua forte influência na formação dos costumes e tradições do povo mineiro, além de dar espaço e voz aos povos negros que vivem em São João del-Rei e Tiradentes para apresentarem suas demandas e tradições.

A programação conta com exposições, seminários, palestras, mediações museológicas, exibições de filmes, debates, musicais, peças teatrais e um passeio especial de Maria Fumaça, com apresentações temáticas em cada um dos vagões. Saiba mais.

O museu

Aberto à visitação pública a partir de 1963, Museu Regional de São João del-Rei está localizado na antiga residência do comendador João Antônio da Silva Mourão (1806-1866), importante comerciante da cidade no período final da produção de ouro. Após a conclusão das obras, em 1859, o comendador instalou sua família na mansão, no segundo e terceiro pavimentos, e a loja de secos e molhados ficou no primeiro andar.

O Museu Regional de São João del-Rei apresenta uma exposição de aspectos do cotidiano no comportamento e nos costumes dos séculos XVII ao XX, retratados em móveis, utensílios, meios de transporte, imagens religiosas e pinturas. O objetivo do acervo montado é contar um pouco da intimidade e do modo de vida dos mineiros no período colonial.

Semana de Museus 2018: guia da programação nacional já está disponível

Clique para ampliar

Clique para ampliar

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) disponibiliza, a partir desta sexta-feira (27), a programação completa da 16ª Semana de Museus – que acontece em todo o Brasil entre os dias 14 e 20 de maio.

O formato Busca Rápida permite ao usuário encontrar atividades por Estado, Cidade, Museu ou Palavra-chave. Para esta edição, os mais de 1,1 mil participantes da Semana de Museus cadastraram 3,2 mil eventos em 489 cidades de 26 estados.

Como resultado da busca, além da programação definida, há ainda o endereço da instituição assim como os contatos de telefone e e-mail. Todas as atividades são de responsabilidade dos participantes.

O guia da programação nacional também está disponível em formato documento. Acesse o Guia da Programação.

Com o intuito de reforçar a divulgação da Semana de Museus junto aos diversos públicos interessados, o Ibram lançou um kit com peças de comunicação em formato digital para museus e demais interessados. Cartazes impressos, para os participantes fora dos grandes centros urbanos, também estão sendo distribuídos gratuitamente pelo Ibram.

Dúvidas e outras questões sobre a 16ª Semana de Museus podem ser enviadas para o e-mail semana@museus.gov.br.

Texto: Ascom/Ibram

Kit digital para divulgação da 16ª Semana de Museus já está disponível

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) já disponibilizou o kit digital para a divulgação da Semana de Museus 2018.

As peças, e as informações sobre como usá-las, foram pensadas para que as instituições participantes possam incrementar a comunicação da 16ª Semana de Museus, podendo assim alcançar um público maior, além de manter a identidade visual do evento.

Clique para ampliar

Clique para ampliar

O kit digital é formado por cartaz, selos comemorativos, flyers, fundos para materiais diversos, spot para rádio, capas para redes sociais e até um Twibbon – filtro temático para as fotos de perfil nas redes sociais. Acesse o kit digital da 16ª Semana de Museus.

Os museus e demais instituições culturais participantes, fora dos grandes centros urbanos, também receberão cartazes impressos com o intuito de reforçar a divulgação local. O envio deverá ser feito a partir do mês de abril.

Museus hiperconectados
A temporada de eventos organizada pelo Ibram acontece de 14 a 20 de maio em todo o Brasil. Com o tema Museus hiperconectados: novas abordagens, novos públicos, a proposta deste ano é que museus e instituições participantes busquem amplificar suas relações com a comunidade e seu entorno.

Em 2016, pesquisa do Ibram mostrou que no período da Semana de Museus a frequência de público nas instituições participantes chega a aumentar 79% em comparação a semana anterior – o que reforça o papel da comunicação e a continua aproximação com os frequentadores por meio de programação diversificada.

Atualmente, o Ibram tem mapeados cerca de 3,8 mil museus no Brasil. Em 2018, mais de 1,1 mil instituições participarão da Semana de Museus, realizando mais de 3,2 mil eventos em 26 estados.

As atividades propostas são as mais diversas – como exposições, ações educativas, exibição de filmes e bate-papos. O guia digital da programação nacional estará disponível em algumas semanas.

Texto: Ascom/Ibram

Ibram abre chamada de parcerias para divulgação da 16ª Semana de Museus

Clique para ampliar

Clique para ampliar

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) abriu hoje (19), chamada pública para a realização de parcerias, sem repasse de recursos financeiros, com foco na divulgação da 16ª Semana de Museus – que acontece entre 14 e 20 de maio em todo o Brasil.

Podem participar da chamada empresas (pessoas jurídicas de direito privado) interessadas em apresentar produtos e serviços que ampliem a visibilidade do evento junto a seus públicos.

O Recebimento de propostas acontece até o dia 30 de março por meio do envio de Ficha para Credenciamento e minuta de Plano de Trabalho, ambos preenchidos e assinados pelo representante da empresa, para o e-mail semana@museus.gov.br. A divulgação do resultado será no dia 13 de abril.

A contrapartida do Ibram será a inclusão das logomarcas das empresas apoiadoras em todo material digital de divulgação produzido para a temporada nacional de eventos, destinado aos museus brasileiros e instituições participantes, assim como no guia digital da programação – voltado para o público. Acesse a íntegra do edital e seus anexos.

Atualmente, o Ibram tem mapeados cerca de 3,8 mil museus no Brasil. Em 2017, 1.070 instituições participaram da Semana de Museus. Confira  as estatísticas de participação de todas as edições.

Parcerias locais
O Ibram também lançou este ano uma versão atualizada de publicação com dicas para museus realizarem parcerias com empresas sem repasse de recursos financeiros.

Para o Ibram, “os objetivos dessas parcerias são ampliar a divulgação dos museus brasileiros, incentivando a visitação e democratizando o acesso, e promover uma maior aproximação com a comunidade e seu entorno”. A publicação está disponível para download.

Texto: Ascom/Ibram

Mais de 1,1 mil instituições estão inscritas para a Semana de Museus 2018

Clique para ampliar

Clique para ampliar

Com um total de 1.130 instituições participantes, a 16ª Semana de Museus acontece de 14 a 20 de maio em todo o Brasil.

Com o aumento do número de inscritos em relação ao ano passado, a edição deste ano conta com 3.261 eventos cadastrados. As atividades propostas são as mais diversas – como exposições, ações educativas, exibição de filmes e bate-papos.

489 municípios de 26 estados brasileiros participam da Semana de Museus 2018. A região Sudeste teve o maior número de inscritos (466), seguida pelas regiões Nordeste (270), Sul (263), Centro-Oeste (77) e Norte (54). Confira os dados das edições anteriores.

O tema deste ano, Museus hiperconectados: novas abordagens, novos públicos, propõe uma aproximação das instituições com seus públicos tanto pelo viés tecnológico quanto por outras conexões.

Ao mesmo tempo em que museus investem em tecnologia para alcançar novos públicos, ainda é indispensável esforços para engajar quem ainda não está online – especialmente em áreas periféricas, rurais e regiões de difícil acesso.

A Semana de Museus é um evento coordenado pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) a partir de tema proposto anualmente pelo Conselho Internacional de Museus (Icom) para celebrar o Dia Internacional de Museus (18 de maio).

A programação nacional será divulgada a partir da segunda quinzena de abril. Outras informações sobre a 16ª Semana de Museus podem ser obtidas pelo endereço eletrônico semana@museus.gov.br.

Texto: Ascom/Ibram

Ibram distribuirá impresso para museus fora dos grandes centros urbanos

Após duas edições sem produzir material impresso para divulgar a Semana de Museus, o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) optou por imprimir e distribuir cartazes para as instituições inscritas na 16ª edição do evento, que acontece em todo o Brasil de 14 a 20 de maio, e estão localizadas fora dos grandes centros urbanos.

16SemanaMuseus_Cartaz

Clique para ampliar

Em 2016, por questões relativas à sustentabilidade tanto ambiental quanto financeira, o Ibram deixou de produzir e enviar materiais impressos aos participantes, substituindo-os por um kit de divulgação digital.

“Durante a 13ª Semana de Museus, em 2015, com o tema Museus para uma sociedade sustentável, algumas instituições questionaram o impacto ambiental desta ação – especialmente a emissão de poluentes e produção de lixo”, explica Ana Lourdes Costa, coordenadora de Promoção e Gestão da Imagem Institucional do Ibram.

No ano seguinte, a pesquisa da 14ª Semana de Museus demonstrou que 74,09% dos museus participantes aprovaram a substituição.

“Contudo, sabemos da importância do material impresso, especialmente para museus de pequeno porte fora dos grandes centros urbanos. Por isso, optamos por voltar a reimprimir apenas os cartazes e em menor quantidade, gerando assim um impacto ambiental menor”, conclui a coordenadora.

O envio dos cartazes acontecerá após o fim das inscrições para a Semana de Museus 2018 – que segue até o dia 12 de março na página de Eventos do Ibram. O Guia da Programação, com todas as atividades da 16ª Semana de Museus, continuará em formato digital.

O tema desta edição é Museus hiperconectados: novas abordagens, novos públicos. Museus, centros de memória e cultura podem participar da temporada de eventos. As inscrições são gratuitas e a programação é de responsabilidade de cada instituição.

Outras informações podem ser obtidas pelo endereço eletrônico semana@museus.gov.br.

Ibram lança texto sobre o tema da Semana de Museus 2018

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) já disponibilizou o texto de referência sobre o tema da 16ª Semana de Museus – que acontece no país de 14 a 20 de maio.

16SemanaMuseus_Cartaz

Clique na imagem para ampliar

A intenção é dar subsídios para os museus participantes desenvolverem atividades focadas no tema Museus hiperconectados: novas abordagens, novos públicos. O texto propõe uma aproximação tanto pelo viés tecnológico quanto por outras conexões possíveis.

“O modo de interação dos museus com seu entorno, especialmente nos grandes centros urbanos, foi definitivamente impactado com o avanço da conectividade digital”, aponta. “Para alguns, a interação entre pessoas e máquinas tornou-se capital. Para outros, ainda há limites a serem superados para dar conta do novo paradigma digital”.

Ao mesmo tempo em que museus devem apostar em iniciativas que busquem pela via tecnológica se conectar aos seus antigos e novos públicos, ainda é indispensável esforços para engajar quem ainda não está online – especialmente em áreas periféricas, rurais e regiões de difícil acesso, por exemplo.

Tendo em vista que 46% dos domicílios brasileiros ainda não têm acesso à internet, segundo dados recentes, o texto provoca algumas reflexões: “que novas abordagens são necessárias para engajar quem não está online? Que outras formas, para além da internet, estão disponíveis para se criar e estreitar laços com o meio onde se atua?”. Leia e faça download da íntegra do texto.

 Inscrições abertas
O formulário para a inscrição de atividades na 16ª Semana de Museus encontra-se aberto até 12 de março na página do Ibram. Para participar, o museu ou instituição cultural interessada deve programar atividades em torno do tema (exposições, visitas mediadas, shows, palestras, exibição de filmes etc.). As atividades ocorrem exclusivamente sob a responsabilidade da instituição que as inscrever.

Texto: Ascom/Ibram

Estão abertas as inscrições para a Semana de Museus 2018

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) abre hoje (17) o formulário para a inscrição de atividades na 16ª Semana de Museus – que acontecerá entre os dias 14 e 20 de maio de 2018.

Museus hiperconectados: novas abordagens, novos públicos é o tema definido pelo Conselho Internacional de Museus (Icom), e adotado a cada ano pelo Ibram, para celebrar no próximo ano o Dia Internacional de Museus (18 de maio).

Aula aberta no Museu Municipal de Sapiranga (RS) durante a 15ª Semana de Museus

Aula aberta no Museu Municipal de Sapiranga (RS) durante a 15ª Semana de Museus

Para participar, o museu ou instituição cultural interessada deve programar atividades em torno do tema (exposições, visitas mediadas, shows, palestras, exibição de filmes etc.) e inscrevê-las, até 12 de março, no formulário eletrônico que está disponível na página do Ibram.

As atividades ocorrem exclusivamente sob a responsabilidade da própria instituição que as inscrever. Ao Ibram cabe a mobilização do setor, a divulgação da temporada cultural, além da produção da identidade visual e kit de divulgação digital, texto de referência sobre o tema e o  guia da programação nacional – onde o público pode encontrar informações sobre todos os eventos cadastrados.

Na edição deste ano, quando completou 15 anos de existência, 3.079 eventos aconteceram em todo o Brasil durante a Semana de Museus, cujo tema foi Museus e histórias controversas: dizer o indizível em museus, reunindo 1.070 instituições de 26 estados. Veja os números de todas as edições (2003-2017).

Ao longo dos anos, a Semana de Museus tem sido um fator de promoção e valorização dos museus brasileiros, assim como de ampliação do acesso da população à cultura. Confira os resultados das pesquisas realizadas pelo Ibram, entre os anos de  2012 e 2016, sobre o impacto socioeconômico da Semana de Museus.

Dúvidas e outras questões relacionadas a Semana de Museus podem ser enviadas para o endereço eletrônico semana@museus.gov.br ou esclarecidas pelos telefones (61) 3521.4142/4135.

Texto: Ascom/Ibram
Foto: Tiago da Silva/Museu Municipal de Sapiranga