Publicação reúne as memórias dos 10 anos do Programa Ibermuseus

O Programa Ibermuseus completou dez anos em julho deste ano e para marcar o trabalho dessa década, lançou a publicação Memória de 10 anos em edição trilíngue: português, espanhol e inglês. A publicação está disponível aqui.

O documento de mais de 50 páginas mostra o histórico de ações que Ibermuseus desenvolveu, além de apresentar reflexões de importantes atores da cooperação ibero-americana sobre as realizações e desafios do Programa.

Em 10 anos, o Programa Ibermuseus promoveu nove Encontros Ibero-americanos de Museus (EIM), 15 encontros técnicos e 12 reuniões intergovernamentais, que se converteram nos principais espaços de discussão e proposição de políticas para o desenvolvimento do setor museal na Ibero-América.

As convocatórias do Ibermuseus capacitaram diretamente a 188 profissionais, fomentaram 53 projetos educativos, apoiaram a recuperação do patrimônio afetado de sete instituições e promoveram noves projetos de circulação de bens entre 22 países.

Com o apoio do Ibermuseus, foram publicadas 14 pesquisas ou ensaios, incluindo importantes documentos como o Panorama de Museus Ibero-americanos, o Estudos de Públicos de Museus na Ibero-América e a reedição bilíngue do Programa para a Gestão de Riscos ao Patrimônio Musealizado Brasileiro.

O Programa também promoveu o desenvolvimento de duas ferramentas fundamentais para o conhecimento da situação dos museus – e seu público – na região: o Registro de Museus Ibero-americanos e o Sistema de Coleta de Dados de Público de Museus.

A Memória de 10 anos do Ibermuseus traz em detalhes essas e outras realizações da década de atuação do Programa. O documento finaliza com o artigo coletivo “Que museus queremos para o futuro?”, no qual 18 gestores públicos e profissionais ibero-americanos contribuem para indicar o caminho para outros 10 anos de cooperação e desenvolvimento de políticas públicas para os museus da Ibero-América.