Sistema de audioguia bilingue informa sobre obras de Segall

Quem visita o Museu Lasar Segall/Ibram, em São Paulo (SP), pode agora se aprofundar ainda mais na vida e na obra do artista, com ajuda da tecnologia. Desde a inauguração da mostra Segall Processos, neste mês, o museu passou a contar com um sistema de audioguia, equipamento eletrônico gratuito que complementa a visita, oferecendo detalhes históricos das obras de Lasar Segall (1891 – 1957).

“É um aparelho simples de manusear, em que o visitante digita um número que está identificado na obra exposta e ouve uma descrição sobre ela ou sobre a produção de Segall”, explica Marcelo Monzani, diretor técnico do museu.

Com o audioguia, o visitante pode fazer o tour em português, inglês e ainda em forma multimídia, para deficientes auditivos. O aparelho oferece informações sobre o acervo do museu. Na exposição Segall Processos, há destaque para as telas Eternos Caminhantes (1919), exibida na imagem acima, e Navio de emigrantes (1939-1941), além de uma ambientação com objetos da residência da família Segall. A mostra é composta por cerca de cem trabalhos realizados por Lasar Segall, que integram o acervo do museu.

 Ao digitar o código correspondente das obras, o visitante recebe informações desde a origem da pintura até as inspirações e período em que foi produzida. “O conceito desta exposição se diferencia das anteriores, propondo ao visitante que acompanhe os processos de criação do artista por meio de diferentes linguagens”, diz o diretor do Museu Lasar Segall, Jorge Schwartz.

O projeto do audioguia teve produção tecnológica da empresa Neocultura e patrocínio da Secretaria municipal de Cultura de São Paulo.

Publicado em

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days