Rio 450 anos: Ibram apoiará comitê na mobilização de museus cariocas

O presidente do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC), Angelo Oswaldo, participou hoje (27), de reunião com o Comitê Rio 450, responsável por organizar as comemorações pelos 450 anos de fundação da cidade do Rio de Janeiro – data a ser celebrada oficialmente em 1º de março de 2015.

Ministra da Cultura no lançamento do Comitê Rio 450 em dezembro de 2013

Ministra da Cultura, Marta Suplicy, no lançamento do Comitê Rio 450 em dezembro de 2013

O principal assunto do encontro com o presidente do Comitê, Marcelo Calero, foi a parceria com o instituto para a mobilização dos museus cariocas, com destaque para os sete museus Ibram na cidade, com o objetivo de se integrarem ao calendário de atividades, que tem início em 31 de dezembro de 2014 e encerra-se em 1º de março de 2016.

A proposta é que os museus realizem, por exemplo, exposições alusivas à cidade, envolvendo seus setores educativos e a comunidade carioca.

Participaram ainda da reunião Mariana Varzea, superintendente de Museus da Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro, e Vera Mangas, coordenadora do Patrimônio Museológico do Ibram. “O evento tem um papel relevante para a difusão dos valores cariocas e acontece em um momento importante para a cidade, que sediará os Jogos Olímpicos em 2016″, diz Angelo Oswaldo.

400 anos: logomarca criada por Magalhães em 1965

“Cidade em transe”
Em 1965, para os festejos dos 400 anos da cidade – fundada por Estácio de Sá em 1565 – as atividades se espalharam ao longo daquele ano sob o tema “cidade em transe”, pois uma “série de intervenções de infraestrutura estava mudando a paisagem” da ex-capital federal, segundo informa a página do Comitê Rio450.

Obras referenciais sobre a história do Rio foram publicadas, o carnaval de 1965 tinha como principal mote o quarto centenário da cidade e a Filarmônica de Viena apresentou-se para um Maracanãzinho lotado. Houve até concurso para escolher a Miss IV Centenário.

Aloísio Magalhães, um dos pioneiros do moderno design gráfico no país, foi responsável pela logomarca do evento, que apresentava o número quatro rotacionado como “síntese gráfica do entusiasmo e do orgulho dos cariocas”.

Para as comemorações do próximo ano, um concurso para escolha da logomarca também foi lançado e está em fase de seleção. Atualmente, o público pode votar nas melhores ideias para os 450 anos do Rio. Saiba mais.

Texto: Ascom/Ibram
Foto: Comitê Rio 450/divulgação

Publicado em

2 comentários para “Rio 450 anos: Ibram apoiará comitê na mobilização de museus cariocas

  1. Olá, todos os museus do Rio de programação que Janeiro que estavam marcados na progamação como pontos de entrega do passaprte carioca não possuem o passaporte e não tem data de previsão para recebeimento…podem me informar onde posso fazer a retirada do meu passaporte.

    Fico no aguardo.
    Obrigada

    • Aline, os passaportes estão esgotados. Já foi solicitada uma nova remessa e quando for confirmada a data, daremos ampla divulgação.

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days