Relação de Castro Maya com natureza no Museu do Açude (RJ)

A mostra revela a relação do patrono da instituição, Raymundo Ottoni de Castro Maya, com a natureza carioca em duas dimensões: o colecionador de imagens sobre a paisagem natural do Rio de Janeiro e sua gestão em favor da preservação do patrimônio natural da cidade como administrador da Floresta da Tijuca de 1943 a 1946.

São 81 imagens, reproduzidas a partir do acervo dos Museus Castro Maya, que revelam a primorosa iconografia de obras dos artistas viajantes europeus do séc. XIX.

A exposição, que é aberta no ano em que o Rio de Janeiro celebra o título de Patrimônio Mundial como Paisagem Cultural Urbana, concedido pela UNESCO, ressalta a figura de Castro Maya como um notável carioca que, em vida, esteve empenhado em valorizar o patrimônio natural e humano da cidade. Saiba mais aqui.

Fonte: Divulgação Museu do Açude

Publicado em

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days