Ibram começa a mapear público de exposições de curta duração no Brasil

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) deu início nesta semana a um projeto que vai assegurar informações mais precisas e abrangentes sobre a visitação a exposições de curta duração no Brasil.

O projeto Exposições no Brasil consiste na implantação de um sistema permanente de coleta, gerenciamento, tratamento e compartilhamento anual de dados sobre exposições de curta duração realizadas em todo o território nacional.

Exposições no Brasil: projeto vai envolver 50 instituições na primeira fase

A iniciativa vai oferecer ao setor museal uma plataforma online por meio da qual será realizada uma coleta anual de dados relacionados ao tema. Uma versão preliminar (beta) do recurso começou a ser testada na quarta-feira (16).

Participam desta etapa inicial cerca de 50 museus e instituições culturais que realizam exposições de curta duração no Brasil,  que já adotam metodologias de contagem de público e têm uma média mínima diária de 350 visitantes.

Ineditismo e colaboração
“Trata-se ainda de um projeto piloto, mas que em breve será lançado e apresentado na plataforma institucional utilizada pelo Ibram”, explica a coordenadora geral de Sistemas de Informação Museal do Ibram, Rose Miranda. “A participação é voluntária, mas esperamos que o projeto tenha adesão do maior número possível de instituições”.

Há três anos, o Ibram vem colaborando com o periódico britânico The Art Newspaper, que coleta dados sobre visitação a exposições em todo o mundo. A parceria tem rendido projeção internacional ao campo museal brasileiro: na segunda participação do país na pesquisa, uma exposição do Brasil figurou como a mais visitada do mundo em 2011. Saiba mais.

O projeto também vem ao encontro de metas do Plano Nacional de Cultura (PNC) e Plano Nacional Setorial de Museus (PNSM), subsidiando ainda pesquisas sobre visitação e oferta de exposições, assim como estudos institucionais voltados para a produção regular de dados estatísticos. Outras informações podem ser obtidas pelo endereço eletrônico exposicoesnobrasil@museus.gov.br.

Texto: Ascom/Ibram

Publicado em

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days