Projeto ‘Artes sem fronteiras: bibliotecas em rede’ contempla museus do Ibram

Arte sem fronteiras (10)A Rede de Bibliotecas e Centros de Informação em Arte no Rio de Janeiro (Redarte Rio) lançou o projeto “Arte sem fronteiras: bibliotecas em rede”, selecionado pelo programa Matchfunding BNDES+. Trata-se de um portal que vai contemplar um catálogo integrado online de acervos de bibliotecas do Museu Histórico Nacional, do Museu Nacional de Belas Artes, dos Museus Castro Maya, ambos estão sob gestão do Instituto Brasileiro de Museus, e do Museu Casa de Rui Barbosa.

O valor total do projeto é de R$ 41 mil, sendo que 1/3 será arrecadado na campanha e 2/3 será financiado pelo BNDES. A campanha de arrecadação de recursos teve início no dia 21/11 e se encerrará no dia 20/12.

Museus contemplados:

Museu Histórico Nacional
Foi criado em 1922 e é um museu dedicado à História do Brasil. O acervo da biblioteca abriga obras do século XVI ao XXI. São livros, folhetos, periódicos e materiais especiais, que abrangem temas como Arte Decorativa, Numismática, Indumentária, Filatelia, História do Brasil, História do Rio de Janeiro, História de Portugal, Heráldica, Genealogia, Sigilografia, Gastronomia e Museologia.

Museu Nacional de Belas Artes
Foi criado em 1937 e concentra o maior acervo de obras de arte do sec. XIX. A biblioteca/mediateca Araújo Porto Alegre teve seu acervo formado a partir das doações de Rodolfo Amoedo. Especializada em artes plásticas do século XIX e XX, abrange a área de museologia, arquitetura e história da arte.

Museus Castro Maya
É constituída por duas unidades no Rio de Janeiro: o Museu do Açude (1964), e o Museu da Chácara do Céu (1972) que reúnem a coleção de arte do empresário Raymundo Ottoni de Castro Maya. Na biblioteca, destaca-se a Coleção Brasiliana, que tem entre seus autores Jean Baptiste Debret e a Coleção Cem Bibliófilos que reúne os 23 livros publicados pela Sociedade dos Cem Bibliófilos do Brasil, fundada por Castro Maya.

Fundação Casa de Rui Barbosa
O museu foi criado em 1927, local onde viveu o jurista Rui Barbosa. Situada no Rio de Janeiro, abriga a biblioteca São Clemente, biblioteca Rui Barbosa e a biblioteca Infantojuvenil Maria Mazzetti.

Mais detalhes sobre o projeto e a campanha podem ser acessados aqui.

Publicado em

Um comentário para “Projeto ‘Artes sem fronteiras: bibliotecas em rede’ contempla museus do Ibram

  1. Agradeço ao IBRAM, em nome da REDARTE/RJ, a divulgação dessa Campanha, cujo êxito seria de grande relevância para as instituições contempladas imediatamente e as que serão no futuro. Sendo a Rede reconhecida nacional e internacionalmente, esse Projeto impactará positivamente na visibilidade da mesma e das instituições envolvidas, e contribuirá para a pesquisa, produção e divulgação da informação em Arte.

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days