Presidente do Ibram participa de encontro nacional com prefeitos em Brasília

Brandao_foto_Paulo-Victor-Lago1264

Carlos Roberto Brandão, presidente do Ibram, no encontro com prefeitos em Brasília

O presidente do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), Carlos Roberto Brandão, participou nessa quinta-feira (9), em Brasília, do III Encontro dos Municípios com Desenvolvimento Sustentável (EMDS), promovido pela Frente Nacional de Prefeitos.

Painelista na mesa cujo tema era A cidade educadora como espaço de convivência, diálogo, renovação e criatividade, Brandão destacou que a complexidade da cultura e da comunicação no tempo presente, em acelerado processo de transformação, traz grandes desafios.

O Papel dos museus
Segundo ele, na velocidade com que tudo se passa, os museus, como centros de memória, patrimônio, cultura, educação e cidadania, são locais estratégicos para se prospectar o futuro, a partir da vitalidade do passado e do dinamismo do presente, enraizando o desenvolvimento cultural nas cidades.

O presidente do Ibram lembrou que hoje existem cerca de 3.500 museus mapeados no Brasil – número cinco vezes maior do que o registrado na década de 1970 e duas vezes maior do que o que havia na década de 1990.

“Podemos observar uma curva acentuada de criação de novas instituições, o que demonstra o desejo da sociedade brasileira de preservar e disseminar as diferentes identidades e memórias”, afirmou Carlos Roberto Brandão.

Dos museus brasileiros mapeados, 67,2% deles são cadastrados no Cadastro Nacional de Museus (CNM), executado e mantido pelo Ibram. O órgão também oferece ações de fomento e financiamento de projetos no setor museológico, por meio de editais, além de eventos e ações de mobilização social, como a Semana Nacional de Museus, que está na 13ª edição e será realizada entre 18 e 24 de maio, com a participação de 1.378 instituições.

Brandao_Mesa_foto_Paulo-Victor-Lago1238 (2)

Brandão participou do último dia do encontro

Encontro internacional
O presidente do Ibram participou do III Encontro dos Municípios com Desenvolvimento Sustentável ao lado da ministra da Secretaria de Políticas de Promoção de Igualdade Racial, Nilma Lino Gomes; da secretária de Cidadania e Diversidade Cultural do Ministério da Cultura, Ivana Bentes; da gerente de projetos da Fundação Telefônica Vivo, Mila Gonçalves; e da presidente do Conselho de Administração do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação Cultura e Ação Comunitária (Cenpec), Maria Alice Setubal.

O evento contou com mais de 9 mil inscritos, 109 entidades nacionais e internacionais e representantes de 16 países, e teve como tema Nova governança federativa e o papel das cidades no Brasil e no mundo.

Texto: Marcela D’Alessandro
Fotos: Paulo Victor Lago / III EMDS

Publicado em

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days