Prêmio Educação e museus: inscrições abertas até 9 de maio

Objetivo da premiação é apoiar e dar visibilidade a ações educativas de museus e instituições culturais do Brasil e demais países da Ibero-américa

Termina no dia 9 de maio o prazo para inscrições ao II Prêmio Ibero-americano de Educação e Museus. Podem se inscrever museus e instituições culturais do Brasil e dos demais países da Ibero-américa. Promovido pelo Ibermuseus (programa intergovernamental de cooperação cultural presidido pelo Brasil), o prêmio selecionará boas práticas de ações educativas no campo museal.

O prêmio é composto de duas categorias. A categoria Banco de Boas Práticas seleciona projetos, em andamento ou já concluídos, de museus e instituições afins, públicas ou privadas, sem fins lucrativos, que tenham experiência nas áreas de interseção de educação e museus. Os projetos selecionados são incluídos no Banco de Boas Práticas em Ação Educativa e podem ser consultados, servindo de modelo ou inspiração para outras instituições.

O Banco já inclui, por exemplo, o projeto vencedor da primeira edição do Prêmio (Diseño y montaje de dispositivos participativos para la construcción colaborativa del nuevo guión narrativo y museográfico del Museo de las Escuelas, da Argentina) e duas iniciativas brasileiras que receberam menção honrosa em 2010: Ação educativa da Pinacoteca de São Paulo e Projeto Pedagógico Bienal do Mercosul.

A categoria Incubadora de Projetos em Ação Educativa seleciona projetos ainda não implementados.  Podem participar museus públicos ou privados e instituições afins (escolas, associações, fundações, organizações não governamentais e centros culturais, de pesquisa ou comunitários, entre outros).

As premiações são de US$ 10 mil (1º prêmio) e US$ 5 mil (2º e 3º prêmios) para a categoria de Boas Práticas e de até US$ 10 mil para três projetos na categoria da Incubadora. Saiba mais sobre o prêmio

Educação em museus – A ação educativa é considerada, cada vez mais, uma função imprescindível dos museus, que atuam como ferramenta essencial de desenvolvimento social ao apresentar e discutir temas relacionados à memória e ao patrimônio cultural. Quando exercidas de maneira coerente para o desenvolvimento humano e para a promoção da harmonia social, essas ações podem contribuir significativamente para o fortalecimento dos direitos humanos e promoção de uma cultura de paz, favorecendo conceitos como acesso, identidade, diversidade, solidariedade e liberdade. Por isso, o programa Ibermuseus busca identificar, divulgar e apoiar a riqueza das práticas educativas em museus da região ibero-americana, tão diversa e plural culturalmente.

Programa Ibermuseus - O programa Ibermuseus é uma iniciativa intergovernamental vinculada à Secretaria Geral Ibero-americana (Segib) e conta com o apoio da Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI), do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/Ministério da Cultura) e da Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (Aecid).

Informações para a imprensa:

Assessoria de Comunicação do Programa Ibermuseus: (61) 2024-4038, com Eduardo Pinillos.

Assessoria de Comunicação do Ibram: (61) 2024-4035, 2024-4034 e 9619-5445.

Publicado em

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days