Preenchimento da Pesquisa Anual de Museus 2014 vai agora até 12 de janeiro

Após solicitação de sistemas municipais e estaduais de museus do Brasil, o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) prorrogou, até 12 de janeiro de 2015, o prazo para respostas ao questionário da Pesquisa Anual de Museus (PAM) 2014.

Peça da campanha de divulgação na PAM 2014

Peça da campanha de divulgação da PAM 2014

A nova pesquisa se propõe a traçar um diagnóstico detalhado do setor museal brasileiro, trazendo dados sobre acessibilidade, acervo museológico, gestão de pessoas, orçamento, dentre outros aspectos.

Esta é a primeira pesquisa que o Cadastro Nacional de Museus (CNM), criado em 2006, realiza utilizando nova plataforma de dados, parte de uma estratégia que tem por objetivo aumentar o espectro e a consistência das informações levantadas.

Dados e publicações
“A pesquisa é fundamental para o diagnóstico do setor museal brasileiro, para o estabelecimento de indicadores, para a construção de séries históricas e para o monitoramento de políticas públicas”, explica a coordenadora de Produção e Análise da Informação do Ibram, Karla Uzêda.

Em oito anos de operação, o CNM já mapeou mais de 3,4 mil instituições museológicas em todo o Brasil. Os dados permitiram a estruturação de duas publicações em 2011: Guia dos Museus Brasileiros e Museus em Números – esta última, o primeiro estudo estatístico sobre os museus brasileiros.

As informações públicas do CNM também já alcançaram projeção internacional: a disponibilidade de dados sobre o tema ajudou divulgar nossos museus mundo afora ao colocar o Brasil entre os países com maior volume de visitação a exposições. Confira as orientações gerais para preencher a PAM 2014. E Saiba mais sobre o Cadastro Nacional de Museus.

Matéria relacionada
Nova Pesquisa Anual de Museus 2014 mobiliza o setor

Publicado em

2 comentários para “Preenchimento da Pesquisa Anual de Museus 2014 vai agora até 12 de janeiro

  1. Museu Vivo do São Bento-Um Ecomuseu, um museu TERRITORIAL ,localizado no Município de Duque de Caxias -RJ em escreveu:

    Como dizia Milton Santos, o território é um lugar de vivência humana.Precisamos torná-lo documento a ser investigado. É necessário analisar os diferentes usos que os homens fizeram dele. O território portanto, guarda o feito dos homens, tornando-se LUGAR DE MEMÓRIA , de REFERÊNCIA de SIGNIFICADOS. Ao conhecê-lo , explora-se novas vias de interpretação da realidade, constrói-se outros significados , VISITA-SE AS LEMBRANÇAS , compreende-se melhor o presente e inventa-se a VONTADE DA PRESERVAÇÃO DO DESCOBERTO .

  2. A PESQUISA COM CERTEZA FOI DE UMA IMPORTANCIA FUNDAMENTAL,PORÉM NOS DO MEMORIAL ALUÍZIO ALVES NÃO CONSEGUIMOS PARTICIPAR,POIS A DATA JÁ HAVIA TRANSCORRIDO.SUCESSO E QUE NOVAS PESQUISAS VIRAM.

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days