Pontos de Memória também participam da 7ª Primavera dos Museus

Com o tema Museus, Memória e Cultura Afro-brasileira, a edição 2013 da Primavera dos Museus, que acontece no período de 23 a 29 de setembro, conta também com a participação de cerca de 30 pontos de memória e iniciativas de museologia social em todo o país. Acesse o Guia da Programação nacional.

Em Alagoas (AL), o Ponto de Memória Pedro Teixeira, no município de Chã Preta, realiza palestras a apresentações culturais; em Maceió, o Museu Cultura Periférica lança o documentário Memórias que o vento não levou… e o Ponto de Memória LGBT faz palestra sobre o tema A religiosidade africana nos tempos de hoje.

No Ceará (CE), em Aratuba, o Museu Indígena Kanindé promove um seminário para trocas de experiências culturais e educacionais entre indígenas e quilombolas.

Em Pernambuco (PE), o Museu Mangue do Coque apresenta a exposição Instantâneas da África, de Diego Di Niglio, composta por 50 imagens de diferentes países africanos, e realiza também uma ação educativa em parceria com o Museu da Abolição/Ibram.

Já em Minas Gerais (MG), o Ponto de Memória Museu do Taquaril em Belo Horizonte apresenta a exposição Taquaril: um sorriso negro, um abraço negro, composta por coletânea de fotos de moradores da comunidade.

No Rio de Janeiro (RJ), o Museu Vivo de São Bento em Duque de Caxias lança a exposição sobre a diáspora africana na Baixada Fluminense. Nas comunidades Pavão-Pavãozinho e Cantagalo, o Museu de Favela realiza um percurso Griô, com capoeira, percussão e mesa-redonda sobre o tema Olhares de fé sobre a cultura afro, com representantes de diversas religiões existentes na comunidade. Confira um recorte das atividades dos Pontos de Memória durante a 7ª Primavera dos Museus.

Texto: Divulgação Programa Pontos de Memória
Última atualização: 17.9.2013

 

 

Publicado em

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days