Pontos de Memória recebem visita de delegação da Bolívia

O diretor-geral de Patrimônio Cultural, Marcos Michel López, e a diretora-geral de Promoção Cultural e Artística, Vanessa de Britto, do Ministério de Culturas da Bolívia, visitaram nessa semana os Pontos de Memória da Estrutural, no Distrito Federal, o Museu de Favela (MUF) e o Museu da Maré, no Rio de Janeiro. O objetivo da delegação boliviana era conhecer as experiências de Museologia Social do País e a metodologia do Programa Pontos de Memória. 

No Distrito Federal, participaram de visita à exposição Movimentos da Estrutural: Luta, conquista e resistência, mediada pelos membros do conselho gestor do ponto de memória, que contaram sobre todo o processo museal na cidade, que desencadeou no lançamento do ponto de memória e na exposição. A programação também contou com apresentação do Programa, conduzida pelo diretor do Departamento de Processos Museais do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC), Mario Chagas.  

Na ocasião, Marcos Michel López disse que o projeto é inusitado e demonstra o interesse de comunicação cultural dos artistas e moradores da comunidade. “O interessante é que o ponto de memória torna visível o que não podia ser visto pela sociedade.”

Publicado em

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days