Palestra incentiva reflexão sobre práticas de gestão em museus

Luciana Palmeira e Manuelina Duarte debateram com participantes.

Luciana Palmeira e Manuelina Duarte debateram com participantes.

A tarde desta segunda-feira(30) foi de debates museológicos na sede do Ibram/MinC. Com o tema Por uma gestão museológica dos museus, a palestrante Manuelina Duarte, professora de Museologia da Universidade Federal de Goiás (UFG), convidou os presentes a refletirem sobre as diversas práticas de gestão, e suas etapas, aplicadas às instituições museológicas.

A palestra teve a participação da diretora do Departamento de Processos Museais (DEPMUS) do Ibram, Luciana Palmeira, de estudantes e professores da Universidade de Brasília, profissionais de museus e trabalhadores do Ibram. Luciana destacou a importância das pesquisas sobre o tema para subsidiar os museus brasileiros no atendimento ao Estatuto de Museus (Lei nº 11.904/2009).

Para Manuelina, é necessário dialogar com o viés museológico quando se fala em gestão, buscando não apenas trazer conhecimentos de gestão de outros ramos para os museus. É nesse sentido, segundo ela, que o processo de diagnóstico é fundamental para se estabelecer um planejamento eficaz e avançar numa gestão que procure garantir a função social dos museus.

Ao final da apresentação, os participantes também debateram sobre o tema, com destaque para a questão da musealização nos sítios arqueológicos. Sobre isso, Manuelina destacou a necessidade de pesquisa sobre o rico acervo arqueológico já existente nas reservas técnicas dos museus.

O trabalho de Manuelina Maria Duarte está disponível na obra: Gestão de museus, um desafio contemporâneo: diagnóstico museológico e planejamento (Editora Medianiz). Acompanhe mais informações no blog da autora

Publicado em

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days