PAC 2: Museu do Ouro inicia trabalhos de requalificação em Sabará (MG)

Trabalho arqueológico no Museu do Ouro

Trabalho arqueológico em terreno onde será construído anexo do Museu do Ouro

No dia 22 de junho, o Museu do Ouro/Ibram, em Sabará (MG), por intermédio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) Cidades Históricas, deu início a um conjunto de ações que visam a sua requalificação como instituição museológica.

Nesta primeira fase, foram liberados R$ 180 mil em recursos para a conclusão dos trabalhos de prospecção arqueológica, em terreno onde será construído um anexo técnico-administrativo, bem como os projetos arquitetônicos da nova construção e de reforma do prédio histórico do museu, com previsão de término em setembro.

História
O Museu do Ouro foi criado pelo Presidente da República Getúlio Vargas, por intermédio do Decreto-Lei n° 7.483, de 23 de abril de 1945, sendo a instituição oficialmente inaugurada no dia 16 de maio de 1946.

Instalado em um prédio em estilo colonial de meados do século XVIII, antiga Casa da Real Intendência e Fundição do Ouro de Sabará, O acervo é constituído por instrumentos, mobiliário, prataria, armaria, peças de arte sacra e objetos ligados a prática da mineração (séculos 18 e 19).

O museu, vinculado ao Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC), é aberto ao público, de terça-feira a sexta-feira, das 10 às 17 h e sábados e domingos das 12 às 17 h. Saiba mais sobre o Museu do Ouro em Sabará.

Texto e foto: Divulgação Museu do Ouro

Publicado em

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days