Obras de requalificação avançam no Museu Casa da Hera no RJ

O Museu Casa da Hera, em Vassouras (RJ), um dos nove museus vinculados ao Ibram que passam por obras, está em pleno processo de requalificação.

Museu Casa da Hera (RJ)

Museu Casa da Hera: obras seguem cronograma previsto

Vitimado por um incidente em julho de 2012, quando um curto-circuito levou o museu a suspender a utilização de energia elétrica por motivo de segurança, sem que tenha havido qualquer dano ao acervo, a instituição passa agora por uma obra de grandes proporções destinada a recuperar, além de sua rede elétrica, as instalações hidráulicas, de telefonia e internet e a estrutura predial do museu, com ênfase na recuperação de seu telhado.

Com recursos do orçamento do Ibram, num investimento de R$ 980 mil, as obras estão em curso desde novembro e seguem o cronograma previsto.

Estão previstos, ainda, R$ 2,8 milhões para o museu através do PAC Cidades Históricas. O recurso será destinado à conclusão do restauro da Casa da Hera, além de recuperação e paisagismo do parque da chácara.

“As obras seguem conforme esperado, diariamente realizamos o acompanhamento, e qualquer alteração no projeto aprovado necessita ser encaminhada ao Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), mas nada que impossibilite a tramitação normal”, explica o diretor interino do Museu Casa da Hera, Cirom Duarte.

Mesmo com obras, Casa da Hera segue aberto ao público

De acordo com o diretor, o museu segue funcionando normalmente no decorrer das obra de recuperação, que devem seguir durante todo o primeiro semestre. “Estamos em obras, porém o museu está com visitação normal, diversas atividades realizadas e as obras não atrapalham em nada”, explica.

Programa de Requalificação
A obra integra o Programa de Requalificação dos Museus do Ibram. Além do Museu Casa da Hera, estão sendo requalificados o Museu da Abolição, em Recife (PE), o Museu de Arte Religiosa e Tradicional de Cabo Frio (MART), o Museu Regional de Caeté, em Minas Gerais, o Museu Casa dos Ottoni, na cidade do Serro (MG), o Museu Lasar Segall, em São Paulo (SP), o Museu Casa de Benjamin Constant, na cidade do Rio de Janeiro (RJ), o Museu de Arte Sacra de Paraty e o Museu Forte Defensor Perpétuo, ambos na mesma cidade fluminense.

Texto e fotos: Ascom/Ibram

Publicado em

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days