Nota sobre falecimento da diretora do Museu de Arte Religiosa e Tradicional

Na madrugada de hoje, 25 de maio de 2012, faleceu Dolores Brandão Tavares, diretora titular do Museu de Arte Religiosa e Tradicional (MART/Ibram), localizado em Cabo Frio (RJ). Doca, como era conhecida pelos amigos, lutava contra um câncer desde o final de 2011.

Mulher de temperamento forte, mas acima de tudo uma guerreira, apaixonada pela cultura da Região dos Lagos do Rio de Janeiro, onde chegava, Doca não passava despercebida, pois contagiava a todos com sua coragem, espírito de liderança, generosidade e amor ao próximo.

Nascida em 7 de julho de 1954, gaúcha de Viamão, torcedora do Grêmio, educadora física de formação, mãe de Vinícius, Dolores Brandão Tavares adotou as cidades fluminenses de Arraial do Cabo, onde passou a morar na década de 70, e de Cabo Frio.

Desde 1982, trabalhava no Museu de Arte Religiosa e Tradicional, no Antigo Convento de Nossa Senhora dos Anjos, onde exercitou seu amor pela Educação e pelo Patrimônio Cultural.

A equipe do Ibram agradece a Doca pelo legado cultural que ela deixou a todos.

Publicado em

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days