Nomeado o novo diretor do Museu das Missões no RS

Nesta terça-feira (31), foi publicada no Diário Oficial da União a portaria de nomeação do novo diretor do Museu das Missões, unidade do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), em São Miguel das Missões (RS). Diego Luiz Vivian foi selecionado entre os candidatos inscritos na Chamada Pública nº 8, de 30 de setembro de 2015.

Diego Luiz Vivian

O historiador Diego Luiz Vivian é o novo diretor do Museu das Missões/Ibram no RS

Historiador com mestrado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Diego ingressou no Ibram após sua aprovação em concurso, realizado em 2010, e atua no Museu das Missões desde outubro daquele ano.

Lá, ele já foi responsável pelo Setor de Pesquisa Histórica e Arquivo do Museu das Missões, fazendo atendimentos especializados a pesquisadores e realizando pesquisas em arquivos e entrevistas de História Oral sobre a trajetória do museu e a formação do acervo museológico institucional.

Atuou ainda como Coordenador do Grupo de Trabalho (GT) Museus e Comunidades no âmbito do Programa de Educação Museal (PNEM).

Nova gestão
Entre os desafios que ele enfrentará em sua gestão, estão a recuperação das edificações e do acervo museológico, danificados após um tornado atingir o museu em abril de 2016; revisar o Plano Museológico da unidade e consolidar a aproximação do museu com a comunidade de São Miguel das Missões.

“Trata-se do primeiro museu criado pelo Iphan, cujo projeto arquitetônico é de autoria do eminente arquiteto Lucio Costa”, conta Diego. “O Museu guarda a maior coleção pública de imagens missioneiras em madeira policromada dos séculos XVII e XVIII de todo o Mercosul e possui 75 anos de trabalho permanente com o patrimônio cultural. Espero estar à altura dos desafios dessa importante instituição museológica e contribuir para que o museu continue prestando relevantes serviços à sociedade”, afirma.

Atualmente o museu está em obras de recuperação das estrutura danificada pelo tornado. Apesar do sinistro, foi montada uma exposição temporária com doze imagens missioneiras em madeira policromada dos séculos XVII e XVIII, para visitação dos milhares de turistas e excursionistas que vão anualmente o museu que recebeu, em 2016, um público de 27. 425 pessoas.

Texto: Ascom/Ibram
Foto: Acervo pessoal

Matérias relacionadas
Museus da rede Ibram em três estados iniciam obras de requalificação
Nota pública sobre danos ao Museu das Missões provocados por temporal

Publicado em

2 comentários para “Nomeado o novo diretor do Museu das Missões no RS

  1. Diego, bom amigo, há muito a ser feito, tanto internamente no museu e na busca de peças que estão espalhadas por toda a região, mas especialmente externamente – é preciso que a comunidade regional das Missões compreenda a grandiosidade da história que herdou. É preciso um plano e depois executá-lo… Uma das mais emocionantes histórias da humanidade precisa ser conhecida pelo seu próprio povo.

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days