Museus históricos são tema na abertura do ciclo Museus em Debate

Com o intuito de promover o diálogo entre os 30 museus integrantes do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) começa, no dia 15 de março, o ciclo Museus em Debate, que será realizado até novembro no auditório da sede do Ibram, em Brasília (SBN, Quadra 2, Bloco N, Lote 8 - sobreloja). A cada edição, o projeto aproximará pelo menos três museus da rede Ibram em torno de temas e recortes conceituais.

O tema escolhido para a o primeiro dos oito encontros agendados, Tempo e memória nos museus históricos, terá como debatedores os diretores Vera Tostes (Museu Histórico Nacional), Maurício Vicente Ferreira Junior (Museu Imperial) e Magaly Cabral (Museu da República). Ana Lucia de Abreu Gomes, do Curso de Museologia da Universidade de Brasília, fará a moderação.  A mesa acontece das 9h às 12h e tem entrada franca.

A proposta curatorial do Museus em Debate foi desenvolvida pelo Departamento de Processos Museais (DEPMUS/Ibram), resultando em um ciclo inédito de encontros, que revelará visões diferenciadas sobre a atuação das instituições museológicas no país.

No encontro de estreia, os participantes discutirão novas abordagens e reflexões sobre as narrativas históricas submetidas à mediação dos museus. Mais que a escrita do passado, o encontro propõe um debate sobre o tempo, a memória e a história da escrita museal.

Texto: Ascom/Ibram

Publicado em

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days