Museus da rede Ibram levam atividades culturais à população carcerária

O Museu Regional de Caeté/Ibram iniciou uma parceria inédita com o presídio da cidade mineira de Caeté.

O objetivo é levar à população carcerária atividades educativas e culturais por meio de uma programação especial que está sendo desenvolvida pelo museu.

A parceria teve início com uma visita musicada, na qual os detentos aprenderam sobre cinco diferentes instrumentos musicais e ouviram diferentes estilos de músicas, incluindo peças musicais do século XVIII. Além de proporcionar um momento de cultura e lazer, a iniciativa visa configura-se ainda como uma ferramenta de reinserção social para os detentos. Saiba mais.

Nossa História
No âmbito do Programa de Exposições Itinerantes do Museu Histórico Nacional (MHN/Ibram), desenvolvido numa parceria dos setores de Museografia, Projetos Sociais e Educativa, a exposição Brasil Nossa História chega a 160 internos da Penitenciária Vieira Ferreira Neto, localizada no Fonseca, em Niterói (RJ).

A exposição, aberta dia 7 de dezembro, poderá ser vista pelos funcionários, apenados e seus familiares até o dia 22 de dezembro e pretende criar interesse para os que frequentam a escola da penitenciária. A exposição conta ainda com monitores locais treinados pela equipe do MHN/Ibram para dar suporte aos visitantes. Mais informações sobre o Museu Histórico Nacional aqui.

Fonte: Divulgação Museu Regional de Caeté e MHN/Ibram
Foto: Museu Regional de Caeté/divulgação

Publicado em

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days