Museus da rede Ibram celebram Consciência Negra no RJ e PE

O dia 20 de novembro é celebrado no Brasil como o Dia da Consciência Negra. Provável data da morte de Zumbi dos Palmares, em 1695, o objetivo é ampliar a reflexão sobre a presença do negro e de sua cultura na sociedade brasileira. Com essa perspectiva, dois museus da rede do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) organizam atividades que marcam a data.

Casa_ClaudioSouza_Imperial

Casa de Cláudio de Souza/Museu Imperial em Petrópolis (RJ)

Em Petrópolis (RJ), a Casa de Cláudio de Souza, que integra o Museu Imperial, realiza no dia 21, a partir das 17h,  apresentações de dança afro e uma série de palestras sobre cultura, saúde e estética.

Reflexões quanto ao Dia da Consciência Negra; Quebrando os mitos quanto as doenças que afeta a população negra; A mídia e o negro como protagonista; A contação de história afro brasileiras nas séries iniciais e a formação da identidade; O que carrego na cabeça; Fundamentação sobre os penteados nagos e a Beleza da mulher negra são os temas abordados pelos palestrantes.

As atividades são gratuitas. A Casa de Cláudio de Souza fica na Praça da Liberdade, 247 – Centro de Petrópolis. Outras informações pelo telefone (24) 2231.5156.

Novembro Negro
Em Recife (PE), O Museu da Abolição segue com uma programação que teve início em 6 de novembro – batizada de Novembro Negro.

No dia 24 o destaque será o encontro de formação, para professores e alunos, sobre a Lei 10.639/03, que incluiu no currículo escolar oficial o ensino sobre História e Cultura Afro-Brasileira. No dia 26, acontece o lançamento do livro Arraial Novo de Canudos, de Rodrigo Capibe,  com apresentação de afoxé e de xirê. Saiba mais sobre o Museu da Abolição.

Texto: Ascom/Ibram
Foto: Museu Imperial/Divulgação

Publicado em

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days