Museu Imperial recebe doação de fotografias de Joaquim Eloy

O Museu Imperial recebeu do professor Joaquim Eloy Duarte dos Santos a doação de 18.629 fotografias (negativos de celulose) de autoria de Américo Czaco, produzidas na cidade de Petrópolis entre 1956 e 1962.

Fátima Argon, pesquisadora do Museu Imperial, desde a década de 1990, acalentava o sonho de ver esse conjunto documental incorporado ao acervo da instituição, cuja importância para a história da cidade de Petrópolis ela confirmou durante o seu trabalho A história da fotografia em Petrópolis (1851-1960), desenvolvido graças à Bolsa Vitae de Artes obtida em 2001/2002. Segundo suas pesquisas, Américo Czaco, de nacionalidade húngara, foi repórter fotográfico trabalhando para a Tribuna de Petrópolis e para o Jornal de Petrópolis.

O material constitui uma rica fonte de pesquisa acerca da vida social e política da sociedade petropolitana.  Desse conjunto, destaca-se uma coleção de imagens da visita de Juscelino Kubistcheck de Oliveira, por ocasião do centenário da elevação de Petrópolis à categoria de cidade, em 1957. Há registros de enchentes, desfiles cívicos, bailes de formatura, atividades de esporte, festas de casamento, carnaval, edifícios em construção, políticos, comércio e outros.

Presidente Juscelino inaugurando o obelisco em 1957

Presidente Juscelino inaugurando o obelisco em 1957

A doação foi feita durante a abertura do seminário D. Pedro II: História e Memória, comemorativo dos 190 de nascimento do imperador.

Texto e imagem: Assessoria de Comunicação do Museu Imperial

Publicado em

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days