Museu da República comemora 100 anos de Clóvis Bornay com exposição

Clovis BornayO Museu da República, no Rio de Janeiro (RJ), inaugura na próxima terça-feira (26), às 18h, exposição comemorativa ao centenário de nascimento do museólogo, carnavalesco, ator, cantor, pesquisador, professor, organizador de exposições, criador de bailes de fantasia, agitador cultural e militante do movimento LGBT Clóvis Bornay (1916-2005).

Clóvis Bornay – 100 anos vai trazer ao público fantasias originais, croquis, fotografias, livros, manuscritos e homenagens recebidas pelo artista, parte de seu acervo pessoal que foi incorporada ao Museu Histórico da Cidade do Rio de Janeiro.

Filho de mãe espanhola e pai suíço, Bornay era o caçula de doze irmãos. Frequentador, ainda menino, dos bailes do Fluminense Futebol Clube, já manifestava interesse e vocação para a vida de folião. Em pouco tempo, se transformou num mestre das fantasias de carnaval com reconhecimento nacional e internacional.

Bornay foi carnavalesco de escolas de samba como Salgueiro, Unidos de Lucas, Portela, Mocidade Independente de Padre Miguel e Unidos da Tijuca. Foi campeão com a Portela em 1970, com o enredo Lendas e Mistérios da Amazônia.

Como museólogo, trabalhou no Museu Histórico Nacional – que, a exemplo do Museu da República, é vinculado ao Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) – onde chefiou várias seções.

A exposição poderá ser visitada nas salas de exposições temporárias do Museu da República (Rua do Catete, 153 – Catete) de terça a sexta-feira, das 10h às 17h, e ao sábados, domingos e feriados, das 11h às 18h.

Publicado em

Um comentário para “Museu da República comemora 100 anos de Clóvis Bornay com exposição

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days