Museu da Abolição (PE) exibe As Águas da Memória

O Museu da Abolição (MAB/Ibram), em Recife (PE), apresenta a exposição internacional As Águas da Memória, a Rota do Ex-Cravizado, da artista plástica Inêz Oludé. O projeto comemora o Dia Internacional da Memória do Tráfico Negreiro e sua Abolição.

O tema da exposição tem sido desenvolvido por meio de oficinas, exposição de artes visuais e performances. Baseado em documentos da época realizados pelos povos escravagistas, o trabalho mistura colagens e pinturas e concebe uma viagem iniciática ao centro da memória dos povos oprimidos. A exposição fica em cartaz de 13 de maio a 31 de julho, das 9h às 17h, e tem entrada franca.

Artista e curadora pernambucana, Inêz Oludé da Silva é membro do Conselho Nacional de Artes Plásticas da Unesco e do Internacional Iuoma Group. Artista multimídia, vive em Bruxelas desde 1976, onde chegou como exilada política.

Participou de exposições coletivas e individuais em museus, bienais e galerias da Europa, África e Américas. Atualmente, realiza curadorias de mostras de artistas de diversos continentes e desde 2004 dirige o Projeto 23 de agosto – Dia Internacional da Memória do Tráfico Negreiro e sua Abolição.

O Museu da Abolição localiza-se à Rua Benfica, 1150 – Madalena. Outras informações estão disponíves na página do MAB.

Texto e foto: Divulgação MAB

Publicado em

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days