Modernização: Ibram abre licitações para reformas de mais cinco museus

Museu Casa de Benjamin Constant é uma das unidades Ibram que receberá melhorias

Museu Casa de Benjamin Constant é uma das unidades Ibram que receberá melhorias

Após anunciar na semana passada a abertura de licitação para a contratação de serviços de recuperação da cobertura e instalações prediais no Museu de Arte Religiosa e Tradicional de Cabo Frio (Mart), e de ter finalizado os procedimentos licitatórios para a elaboração de projetos e/ou execução de obras no Museu Regional de Caeté (MG) e no Museu Casa da Hera, em Vassouras (RJ), o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) publicou no Diário Oficial da União outros cinco Avisos de Licitação destinados a contratações em museus administrados pelo órgão.

As licitações se destinam a obras e/ou projetos no Museu Casa dos Ottoni, na cidade do Serro (MG), no Museu Lasar Segall, em São Paulo (SP), no Museu Casa de Benjamin Constant, no Rio de Janeiro (RJ), no Museu de Arte Sacra de Paraty e no Museu Forte Defensor Perpétuo – também em Paraty.

Os projetos executivos que serão elaborados para o Museu Regional Casa dos Ottoni incluirão o restauro e revisão de projetos de instalações.  Além disso, será contratada a execução de serviços emergenciais para recuperação da cobertura e substituição de peças de madeira deterioradas.

Para o Museu Lasar Segall, será contratada empresa de engenharia especializada para recuperar as coberturas e anexos e também as instalações elétrica, telefônica, lógica e luminotécnica, além do Sistema de Proteção contra Descargas Atmosféricas (SPDA) e do sistema de segurança.

Museus do Rio
Em relação ao Museu Casa de Benjamin Constant, a contratação tem por objetivo a restauração do telhado, pisos e forros e a restauração dos papéis de parede. Também haverá adequação do pátio interno e do piso externo para acessibilidade e instalação de plataforma elevatória para acesso à casa, além da recuperação e modernização das Instalações elétricas.

No Museu Forte Defensor Perpétuo, será feita a restauração do telhado do imóvel-sede. Serão contratados ainda serviços especializados de arqueologia, para realizar pesquisa prospectiva no Morro da Vila Velha, área tombada em nível federal sobre a qual o museu está situado. Os serviços correspondem à primeira etapa das intervenções previstas para o imóvel.

Ainda em Paraty, a Igreja de Santa Rita, sede do Museu de Arte Sacra de Paraty, receberá a segunda fase das obras de restauração do prédio, que prevê a recuperação das argamassas, elementos das fachadas, esquadrias, pisos e instalações hidrossanitárias, a prospecção arqueológica e a restauração de retábulos e demais bens integrados.

As intervenções tem por objetivo a recuperação do edifício, sua adequação às funções definidas em seu plano museólogico e a modernização de suas instalações prediais, de forma a viabilizar a instalação da nova museografia e a reabertura do Museu, expondo e valorizando seu acervo.

Museu da Abolição
Além das licitações abertas agora, o Museu da Abolição, em Recife (PE), também vinculado ao Ibram, recebe até a segunda-feira (18), propostas para licitação aberta em outubro, por meio do PAC Cidades Históricas, e destinada à contratação de projetos de restauração (arquitetura, engenharia e paisagismo), complementares e museografia da unidade.

Todas as ações para contratações de projetos e obras nos museus integram o Programa de Requalificação dos Museus do Ibram, no intuito de proporcionar infraestrutura e serviços culturais adequados que agreguem segurança, acessibilidade, conforto ambiental, identidade sociocultural e atrativos locais e turísticos aos museus.

Texto e foto: Ascom/Ibram

Publicado em

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days