Ministra da Cultura pensa em centro de restauração para museus federais

Nesta segunda (5), a Ministra da Cultura, Marta Suplicy, e o presidente do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), Angelo Oswaldo, visitaram no Museu do Louvre, em Paris, o trabalho da restauradora brasileira Regina Costa Pinto Moreira – baiana que trabalha há mais de 40 anos para o museu mais visitado do mundo.

A ministra e Angelo Oswaldo (dir.) em visita ao Museu do Louvre

A ministra e Angelo Oswaldo (dir.) em visita ao Museu do Louvre

“É um trabalho inspirador e nós devemos focar em um Centro de Restauração para os museus federais nos moldes do Louvre. É uma forma interessante de se trabalhar”, destaca a ministra.

A ideia é montar um Centro Referencial de Restauração Nacional com um laboratório para fazer um exame das obras e definir o trabalho que deve ser realizado em cada peça. A contratação da restauração é feita por obra por meio de licitação.

“A intenção é conjugar recursos públicos e privados para se manter um grande programa de restauração e conservação de obras”, explica Angelo Oswaldo. No Louvre, cerca de 1,6 mil obras são restauradas anualmente.

A visita ao Louvre faz parte da viagem oficial da ministra à França, onde participa da abertura da exposição dos painéis Guerra e Paz, do pintor brasileiro Candido Portinari, no Grand Palais, no dia 6. A exposição será aberta ao público no dia 7 e conta com peças de acervos de museus Ibram. Saiba mais.

Durante a visita, a ministra foi recebida ainda pelo diretor do museu Jean-Luc Martinez. O diretor ressaltou que os brasileiros estão entre os que mais visitam o Louvre – cerca de 370 mil por ano. Continue lendo.

Texto: Priscila Costa e Silva / Ascom MinC
Foto: Fernanda Peruzzo
Edição: Ascom/Ibram

Publicado em

Um comentário para “Ministra da Cultura pensa em centro de restauração para museus federais

  1. Realmente, a nossa Ministra tem razão, o Museu do Louvre é um encanto, um espaço de cultura interessante.Porém nós que somos Municípios pequenos,não conseguimos se quer dar um passo na qualificação dos nossos Museus,que para nós são também uma riqueza.As exigências para que se consiga chegar perto dos recursos é enorme ..A Sra .Ministra que também foi Prefeita,só que foi de um grande Município. Nós deveríamos ter um espaço para colocarmos nossas dificuldades de trabalhar Museus,Casas de Cultura,Salas de Exposições entre outras.Alguns programas deveriam ser revistos.O Vale Cultura por exemplo,é um ótimo programa mas, para cidades de médio e grande porte.Para nós, Municípios pequenos e de difícil acesso,precisamos valorizar e priorizar o que temos e o que podemos fazer nesta área para nossos Munícipes.Em vista disso,deve-se ter outro olhar para Municípios pequenos.Valserina

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days