MinC tomba acervo do Museu de Artes e Ofícios, em Minas Gerais

Museu_de_Artes_e_Ofxcios_Markito_cxpia_jpg_1503189237

Com peças originais dos séculos XVIII ao XX, a coleção que deu origem ao museu foi iniciada há cerca de 50 anos e contempla os mais variados ofícios do homem brasileiro.

O Ministério da Cultura (MinC) homologou nesta quarta-feira (6), através da Portaria nº 31, publicada no Diário Oficial da União, o tombamento do acervo do Museu de Artes e Ofícios (MAO), situado em Belo Horizonte (MG).

Assinada pelo ministro Juca Ferreira, a portaria oficializa proposta aprovada pelo Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural em sua 77ª reunião, realizada em novembro de 2014.

O conselho, que conta com representação do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), é integrado por especialistas de áreas como Cultura, Turismo, Arquitetura e Arqueologia, e avalia processos de tombamento e registro de bens culturais materiais e imateriais.

Aberto em 2005, o Museu de Artes e Ofícios está situado na Praça da Estação, no centro histórico da capital mineira, e abriga um acervo representativo do universo do trabalho, das artes e dos ofícios no Brasil.

Com peças originais dos séculos XVIII ao XX, a coleção que deu origem ao museu foi iniciada há cerca de 50 anos e contempla os mais variados ofícios do homem brasileiro, reunindo ferramentas, utensílios, máquinas e equipamentos diversos que explicitam a história do trabalho em nosso país. Saiba mais.

Publicado em

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days