Lançada Frente Parlamentar para criação de museu afro em Brasília

Na tarde de ontem (26), foi lançada, na Câmara dos Deputados, a Frente Parlamentar em Apoio à Criação do Museu Nacional da Memória Afro em Brasília (DF). O ato foi coordenado pelo deputado Edson Santos, que classificou a construção do museu como “um sonho”. A Frente já conta com 210 deputados que apoiam sua ação.

Ministra da Cultura (centro) destacou a importância do novo museu para o Brasil

Ministra da Cultura (centro) destacou a importância do novo museu para o Brasil

A ministra Marta Suplicy compareceu à cerimônia de lançamento e expressou seu empenho na construção do do novo museu e ressaltou a sua importância simbólica ao ser construído na capital do país: “o Brasil tem uma identidade negra. O nosso país é um país negro. Essa história precisa ser contada”, refletiu.

Compuseram a mesa, ao lado da ministra da Cultura, os presidentes da Fundação Cultural Palmares, Hilton Cobra; Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), Angelo Oswaldo; e Fundação Casa de Rui Barbosa, Manolo Florentino – instituições vinculadas ao Ministério da Cultura.

A deputada Jandira Feghali, presidenta da Comissão de Cultura da Câmara dos Deputados, também integrou a mesa. O evento contou, ainda, com a presença de vários deputados na plateia.

Marta Suplicy destacou também que o museu será um espaço moderno e um Centro de Referência da Cultura Negra onde o visitante poderá, através do uso de interatividade e tecnologia, conhecer a trajetória dos povos afrodescendentes no Brasil e reconhecer a importância deles na construção da identidade cultural do País. O projeto já existe e está sendo reformulado pela Fundação Cultural Palmares em conjunto com o Ibram. Continue lendo no portal do Ministério da Cultura.

Texto: Ascom/MinC
Foto: Elisabete Alves/MinC
Edição: Ascom/Ibram

Publicado em

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days