Investimentos públicos federais em museus bateram recorde em 2014

Levantamento dos Investimentos Públicos Federais em Instituições Museais em 2014 acaba de ser disponibilizado pelo Ibram. Desde 2010, o Instituto realiza o estudo, que tem como objetivo identificar todos os empenhos realizados pelas unidades orçamentárias do Sistema MinC em cada exercício, no campo museal.

Os projetos foram financiados com alocação de recursos orçamentários do Tesouro e do Programa Nacional de Apoio à Cultura – Pronac, que compreende o Fundo Nacional de Cultura – FNC e Incentivo Fiscal.

Em 2014, houve um aumento dos investimentos, que pela primeira vez ultrapassaram R$300 milhões. O Ibram empenhou cerca de 16,5% deste valor, sendo os outros 83,5% empenhados pelas demais unidades orçamentárias do Sistema MinC.

A maior parte dos investimentos foi nas áreas de artes visuais e patrimônio cultural, cerca de 88%. O restante se dividiu nas áreas de audiovisual, humanidades, artes integradas, artes cênicas e música.

A pesquisa completa está disponível na página do Ibram. O levantamento de 2015 começa a ser feito em abril deste ano, para conclusão no segundo semestre.

Publicado em

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days