Inauguração do primeiro Ponto de Memória de Sabará nesta sexta (24)

O Ponto Memórias do Pompéu será inaugurado na sexta-feira (24), às 19 horas, no pátio da Escola Municipal Rosalina Alves Nogueira, no Pompéu, município de Sabará (MG).

Durante o evento, coordenado pelos artistas Aline Cântia e Chicó do Céu, e pela historiadora Isabella Menezes, do Museu do Ouro/Ibram, será lançado o edital Seja um contador de histórias, para formação de um grupo local de narradores. O edital é fruto de do prêmio Pontos de Memória do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC), que já contemplou 45 iniciativas de memória social no Brasil e três no exterior.

O evento é uma realização do Ibram com o Instituto Imersão Latina, em parceria com o Museu do Ouro, apoio da Escola Municipal Rosalina Alves Nogueira e do município de Sabará.

Os Pontos de Memória
Para atender aos diferentes grupos sociais do Brasil, o Ibram reconhece e apóia ações de memória em comunidades populares das cinco regiões do país.

O programa Pontos de Memória tem por concepção, reconstruir e fortalecer a memória social e coletiva de comunidades a partir do cidadão e de suas origens, histórias e valores. Com metodologia participativa e dialógica, trabalha a memória de forma viva e dinâmica como ferramenta de transformação social.

A dupla Aline Cântia e Chicó do Céu
O trabalho dos artistas começou em 2007, na cidade de Belo Horizonte. Desde então, já percorreram mais de 100 escolas em parcerias com Secretarias Municipais de Educação e Cultura. Em 2011, receberam o prêmio Bolsa de Circulação Literária da Fundação Nacional de Artes (Funarte/MinC).

Além do projeto Ponto de Memória, estão envolvidos com a formação de mediadores comunitários e apresentações pelo Brasil. Também acumulam experiências internacionais em encontros e festivais de Narração de História na Venezuela, Bolívia, Argentina, Cuba e Costa Rica.

Texto e foto: Divulgação Museu do Ouro

Publicado em

2 comentários para “Inauguração do primeiro Ponto de Memória de Sabará nesta sexta (24)

  1. Oi Amigos do Ponto de Memória do Taquaril, Sou professor e gostaria de saber como faço para conhecer o trabalho de vcs, o museu, e se vcs fazem visitas a comunidade.

    Cordialmente

    Prof. Silvio Figueiredo
    NAEA/UFPA

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days