Ibram lança campanha e apresenta editais na Câmara dos Deputados

O Ibram lançou, nesta quarta-feira (24), a Campanha de Apoio Parlamentar à Área Museal. O evento foi realizado na Câmara dos Deputados e contou com a participação da ministra da Cultura, Ana de Hollanda, e do presidente do Instituto Brasileiro de Museus, José do Nascimento Junior. Deputados da Comissão de Educação e Cultura (CEC) da Câmara e senadores da Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) do Senado também compareceram.

Na campanha, o Ibram pede o apoio dos parlamentares, que podem auxiliar, a partir da apresentação de emendas ao orçamento que contemplem o setor museal, na promoção da memória e dos museus como direito irrefutável de todos os cidadãos brasileiros. “Cultura gera renda e desenvolvimento e é nesse sentido que vimos aqui pedir o apoio dos parlamentares”, afirmou José do Nascimento Junior durante o lançamento.

Como prestação de contas à Comissão de Educação e Cultura da Câmara, Nascimento Jr. apresentou os nove editais do Programa de Fomento aos Museus Ibram 2011, que serão lançados na primeira quinzena de setembro. Os investimentos para os editais totalizam R$ 16.860.203 e são resultado de duas emendas parlamentares apresentadas pela CEC e aprovadas pela Comissão do Fundo Nacional de Cultura.

Este valor será destinado a prêmios e projetos relacionados à construção e modernização de museus, ao incentivo a artistas contemporâneos, à divulgação do tema museu em diversas mídias e ao apoio a iniciativas e experiências de memória social desenvolvidas por comunidades e grupos populares, bem como às despesas administrativas de cada edital.

A ministra Ana de Hollanda ressaltou que estava ali para prestar contas, mas também para pedir novamente o apoio dos parlamentares, uma vez que o orçamento para a área é pequeno e as ações necessárias são muitas. Os parlamentares parabenizaram o Ministério da Cultura e o Ibram pelo esclarecimento sobre as atividades realizadas com os recursos das emendas.

Os deputados presentes, entre eles, Stepan Nercessian (PPS/RJ), Jandira Feghali (PCdoB/RJ), Waldenor Pereira (PT/BA) e Paulo Rubem Santiago (PDT/PE), foram unânimes em afirmar a importância, para o País, das políticas públicas de Cultura e a necessidade de se valorizar a área. Eles ressaltaram que, mesmo com poucos recursos, a Cultura consegue sempre realizar bons projetos. “É preciso começar a pensar em projetos megalômanos”, destacou o deputado Stepan Nercessian.

Muito aplaudido durante sua fala, o deputado Paulo Rubem Santiago declamou uma poesia feita por ele durante a reunião e que, nas palavras da Ministra, disse tudo que todos queriam dizer. Veja a íntegra abaixo:

“Museu escola, museu semente
Vida melhor, cultura para gente!

Não há canto do país que não ensine
Seus caminhos, sua história, sua luz
Nossa terra, nossa gente, nosso sonho
Um país, uma pátria que seduz

Nossa arte, nossas mãos que tanto operam
Nossas lutas, um país em construção
Sabinada, balaiada e a praieira
Nossa gente sempre quis revolução

Não precisa ser gigante, um monumento
Um museu pode ser até um canto
Mas que guarde, que revele com vigor
Nossa história, nossa gente, nosso encanto

Certa vez afirmei aqui na casa
Que a cultura que não tem seu orçamento
Nos revela tristemente e com certeza
Um país que não tem um fundamento

Eis então nosso belo desafio
Um museu por cidade no país
A memória resgatada com apreço
A história ensinada do começo
Nossa gente conhecendo a raiz!” (Paulo Rubem Santiago)

Fonte: Ascom/Ibram
Crédito da foto: Leonardo Prado/Câmara dos Deputados

Publicado em

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days