Ibram e SP assinam acordo para operação do Registro de Museus

O presidente do Ibram, Marcelo Araujo, e o Secretário de Estado da Cultura de São Paulo, Romildo Campello, na assinatura do termo de convênio para a operação do Registro de Museus no estado.

O presidente do Ibram, Marcelo Araujo, e o Secretário de Estado da Cultura de São Paulo, Romildo Campello, na assinatura do termo de convênio para a operação do Registro de Museus no estado.

O Instituto Brasileiro de Museus firmou hoje (18), o termo de convênio com a Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo (SEC-SP) para a operação do Registro de Museus naquele estado.

O acordo visa a melhoria da qualidade da gestão da política dos museus, a partir da habilitação da SEC-SP como entidade registradora para a realização do Registro de Museus, o que facilitará a troca de informações sobre os museus localizados naquele estado e promoverá a integração das informações da Plataforma Museusbr (Ibram/MinC) e Mapa da Cultura (SNIIC/MinC) com o Cadastro Estadual de Museus (CEM-SP).

A assinatura do acordo aconteceu entre o presidente do Ibram, Marcelo Araujo, e o Secretário de Estado da Cultura, Romildo Campello, na abertura do 10º Encontro Paulista de Museus. O evento que acontece até o dia 20 de julho, ainda terá em sua programação, uma reunião da Rede de Sistemas de Museus (Rede SIMUS) em que as técnicas Rafaela Lima e Alessandra do Carmo Garcia, da Coordenação Geral de Sistemas de Informação Museal (CGSIM/Ibram), apresentarão o fluxo integrado do processo de Registro com o estado.

Esse é o segundo acordo firmado pelo Ibram para a operação descentralizada do Registro de Museus. O primeiro foi assinado em maio, com o Espírito Santo.

O Registro de Museus

O Registro de Museus é um instrumento da Política Nacional de Museus previsto pelo Estatuto de Museus (Lei 11.904/2009) e regulamentado pelo Decreto nº 8.124/2013 e Resolução Normativa nº 1/2016, e visa criar mecanismos de coleta, análise e compartilhamento de informações sobre os museus brasileiros, com o propósito de aprimorar a qualidade de suas gestões e fortalecer as políticas públicas setoriais. Também intenciona estimular a formalização dos museus a partir do acompanhamento das dinâmicas de criação, fusão, incorporação, cisão ou extinção de museus.

Texto: Ascom Ibram
Foto: Divulgação SISEM-SP

Publicado em

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days