Ibram e Correios fecham acordo para criação do Museu Paulo Leminski

Poema desenho de Paulo Leminski e João Suplicy

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) e a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos deram início na quarta-feira (23), a uma parceria voltada para a criação do Museu Nacional da Poesia Paulo Leminski, em Curitiba (PR).

O museu será instalado na antiga sede central dos Correios na capital paranaense. O prédio, que conta com 4 mil metros quadrados, foi inaugurado em 1934 e encontra-se subutilizado desde 1998, quando houve mudança de sede da empresa.

A partir de agora, as duas instituições darão início a uma série de reuniões técnicas que vão definir os detalhes relativos à instalação do museu. A direção dos Correios já anunciou que, em paralelo a este trabalho, vai financiar a completa restauração do prédio, que custará R$ 4 milhões.

A ideia é que o museu reúna acervo pessoal do poeta curitibano Paulo Leminski e exponha sua obra de forma interativa – a exemplo do que já é feito em instituições como o Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo. A previsão é de que o museu seja inaugurado até 2013, como parte das comemorações de 350 anos dos Correios.

Texto: Ascom/MinC
Imagem: Livro Winterinverno/divulgação

Publicado em

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days