Ibram: balanço de 2013 e perspectivas para 2014

O Instituto Brasileiro de Museus, Ibram, promove, divulga e consolida a presença dos museus na vida cultural do país. Ampliar a visitação e diversificar o público, metas importantes do instituto, registraram notáveis resultados em 2013, na 11ª Semana Nacional e na 7ª Primavera dos Museus. Os dois eventos promoveram 6.575 atividades em mais de 1.200 museus e proporcionaram aumento considerável na visitação, conforme pesquisa realizada pelo Ibram.

Em outubro, foi publicado o decreto nº 8.124/13, que regulamenta o Estatuto de Museus. Aguardado pela comunidade museológica, o decreto permite uma série de ações e procedimentos com vistas à preservação do patrimônio cultural musealizado e passível de musealização, conferindo ao Ibram uma fiscalização de caráter pedagógico e orientador. Dentre seus principais pontos, destacam-se o Registro de Museus e o Inventário Nacional de Bens Culturais Musealizados, que serão obrigatórios, e a Declaração de Interesse Público, um novo instrumento de acautelamento e proteção de bens musealizados e passíveis de musealização. As associações de amigos de museus foram reconhecidas oficialmente como instrumento importante para o fortalecimento das instituições.

O Ibram ofereceu treinamento e capacitação sobre gestão de riscos voltados para técnicos das áreas de segurança e conservação de museus. Publicou uma cartilha sobre o tema Gestão de Riscos ao Patrimônio Musealizado Brasileiro. Concluiu a segunda etapa do Projeto Conhecendo Museus, série televisiva de documentários sobre museus brasileiros exibidos na TV Brasil. O Patrocínio de R$ 20 milhões da Petrobras a 12 projetos representou um aporte significativo de recursos, ao lado das ações do PAC Cidades Históricas, que contempla 39 museus com obras de recuperação dos edifícios.

Em 2014, quando completa cinco anos, o Ibram realiza o 6º Fórum Nacional de Museus, no qual se pretende revisar o Plano Nacional Setorial de Museus, além de refletir, avaliar e propor diretrizes para a Política Nacional de Museus e para o Sistema Brasileiro de Museus. Deve ainda lançar a nova edição do Cadastro Nacional de Museus.

A continuidade do Programa de Requalificação dos Museus do Ibram também está assegurada, com a execução de obras já em licitação e lançamento de novos editais. Mais de 27 museus receberam ou possuem recursos liberados para projetos e obras de requalificação arquitetônica e expográfica em 2014. Dentro do Programa de Fomento aos Museus, convênios serão celebrados por meio de editais, para criação e modernização de museus e redes museais. O Ibram irá também distribuir prêmios nas áreas de modernização, trabalhos jornalísticos, obras de arte contemporânea, dentre outras relacionadas ao campo museal.

Publicado em

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days