Ibram atua em busca por obras roubadas do Museu de Arte Sacra de Santos

santosO Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) está colaborando na recuperação de um conjunto de bens culturais que foi roubado, no início deste mês, do Museu de Arte Sacra de Santos (MASS).

O conjunto, que inclui 20 itens expositivos e 422 livros, foi subtraído ao acervo do MASS durante invasão armada no último dia 3. Entre eles estão obras raras do catolicismo, como missais romanos do século XIX, de expressivo valor artístico, histórico e documental.

Por solicitação do museu, os itens roubados foram incluídos no Cadastro de Bens Musealizados Desaparecidos, gerenciado pelo Ibram, com imagens e informações descritivas sobre os itens. As informações serão compartilhadas com organismos de segurança pública e de controle aduaneiro e com comerciantes de antiguidades, artes e artefatos culturais em geral.

O Sistema Estadual de Museus de São Paulo (SISEM-SP) também divulgou fotografias das 20 peças roubadas e relação completa dos livros que foram levados pelos criminosos. A polícia paulista investiga o caso e divulgou retrato falado de dois suspeitos de terem participado do roubo.

Com o objetivo de possibilitar o rastreamento, a localização e a recuperação dos bens, o Ibram também realizou articulação interinstitucional com a Polícia Federal e com a Interpol. O Conselho Internacional de Museus (ICOM) também foi acionado, pelo próprio museu, para colaborar em nível internacional neste sentido.

Fechado após o incidente, o MASS retomou suas atividades normais esta semana. Qualquer informação sobre a localização das peças e livros roubados pode ser enviada através do Disque Denúncia 181 ou diretamente ao MASS pelo telefone (13) 3219 1111.

Publicado em

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days