Gilvan Samico

Samico, Chacara do Ceu

Os Museus Castro Maya/Ibram, no Rio de Janeiro, acabam de receber 11 gravuras do mestre pernambucano Gilvan Samico (1928-2013), encaminhadas pela Secretaria da Receita Federal do Brasil, através do Instituto Brasileiro de Museus. As peças se juntam à obra criada pelo artista em 1992 especialmente para o projeto Os Amigos da Gravura que já fazia parte do acervo.

Os 12 trabalhos estão agora em exposição no Museu da Chácara do Céu. Nas obras, ficam patentes a maestria e rigor técnico do artista bem como sua potência criativa. Para a coleção Castro Maya é um grande privilégio agregar peças que vêm enriquecer seu acervo de arte brasileira.

O Museu fica aberto de quarta a segunda, das 12h às 17 e a mostra fica em cartaz até junho.

Serviço:

Período: de abril a julho de 2017
Local: Museu da Chácara do Céu. Rua Murtinho Nobre 93, Santa Teresa, RJ
(21) 3970-1093
www.museuscastromaya.com.br

Horário: diariamente, exceto terças, das 12 às 17h
Ingresso: R$ 6,00, gratuito às quartas

Detalhes da Agenda

Onde: Museu da Chácara do Céu
Longa duração

Publicado como: Exposição