Exposição Panáfrica exibe peças africanas do século 20

O Centro Cultural Solar Ferrão, em Salvador, apresenta um dos maiores e mais importantes acervos de arte africana do Brasil na exposição Panáfrica, que conta com o apoio da Diretoria de Museus do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Dimus/IPAC/Secult – Ba).

A montagem de longa duração trará mais de 860 peças que apontam a riqueza estética e a diversidade da produção cultural africana do século XX, expressa em objetos como máscaras, estatuetas e utensílios de uso cotidiano ou ritualístico. As obras foram doadas ao Governo do Estado da Bahia, em 2004, pelo industrial italiano Claudio Masella.

Com curadoria do diretor de Museus do IPAC, Daniel Rangel, e do arquiteto André Vainer, que também assina o projeto expográfico, Panáfrica representa o resultado de uma longa caminhada de trabalho, que teve como último e importante passo a montagem da exposição Sete Áfricas, em dezembro de 2008, que ficou em cartaz até janeiro deste ano.

Visitas especializadas

Desde o dia 2 de março, sempre as terça-feiras, às 15h, o historiador Ademir Ribeiro Junior está ministrando visitas especializadas, espontâneas ou agendadas. Organizada pelo Núcleo de Arte e Educação da Dimus (NAE/Dimus), a atividade aponta aspectos importantes da cultura africana e afro-brasileira, além de apresentar ao público, de forma mais detalhada, a história da Coleção Claudio Masella.

As visitas podem ser agendadas pelo (71)3116-6740. Mais informações no blog da Dimus. O Centro Cultural Solar Ferrão fica na Rua Gregório de Mattos, 45, Pelourinho, Salvador-BA

Publicado em

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days