A Fotografia em Ouro Preto no séc. XIX é destaque no Museu da Inconfidência

Caminho da Estação, 1882. Acervo: Arquivo Municipal de Ouro Preto.

Caminho da Estação, 1882. Acervo: Arquivo Municipal de Ouro Preto.

O Museu da Inconfidência (Ibram/MinC) inaugura as atividades de 2015 na Sala Manoel da Costa Athaide nesta sexta-feira (20), com a abertura da mostra A fotografia em Ouro Preto no século XIX.

Serão expostas imagens e apresentadas informações que evidenciam a relevância da cidade para a história da fotografia. De 1845 a 1900, Ouro Preto recebeu o maior número de fotógrafos em Minas Gerais. Eles trabalharam tanto de forma itinerante, como em ateliês permanentes.

A iniciativa da exposição é do projeto Itinerâncias – a expansão da fotografia em Minas Gerais no século XIX, que objetiva estimular reflexões sobre a história da fotografia no estado. A proposta é trazer à tona diferentes representações da cidade e retratos diversos, que permitam enfatizar a trajetória dos fotógrafos. Estes vieram de vários países e divulgaram seu trabalho, principalmente, por meio de anúncios em jornais e revistas.

A visitação é gratuita e ocorre de terça a domingo, das 10 às 18h, até 3 de maio. A abertura acontece às 20h30.

Texto: Ascom/Museu da Inconfidência
Foto: Divulgação Museu da Inconfidência

Publicado em

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days